Roraima tem a pior segurança pública no Brasil. O estado foi o único do país a atingir a nota zero em avaliação de até 100 pontos em relatório do Ranking de Competitividade dos Estados com dados referentes a 2020.

Para o relatório, o mau desempenho se deve às altas taxas de presos sem condenação, déficit carcerário, morbidade no trânsito, mortes não esclarecidas e um baixo desempenho em qualidade da informação de criminalidade.

Em relação ao ranking geral do relatório, que une outros nove pilares, Roraima também apresenta um dos piores desempenhos do país. O estado caiu da 21ª colocação em 2019 para a 25ª colocação nesta edição, estando apenas com melhor pontuação que Acre e Piauí.

Outro indicador que foi zerado pelo estado foi eficiência da máquina pública. Conforme o relatório, este é um pilar pautado na “criação de mecanismos de incentivos para a construção do bom governo. A profissionalização e o desenvolvimento de canais institucionais para reforçar a meritocracia no interior da administração pública”.

PIORAS

A pesquisa aponta pioras relativas nos pilares de Sustentabilidade Social (-3 posições), Sustentabilidade Ambiental (-3 posições), Educação (-2 posições), Eficiência da Máquina Pública (-2 posições) e Inovação (-5 posições).

O indicador da educação, conforme o instituto, avalia a universalização e qualidade do serviço oferecido pela rede estadual, além de consultar se estados possuem fiscalização própria do ensino nas escolas. Roraima ficou em antepenúltimo nesta categoria, com 7,6 pontos de 100.

Roraima também está em antepenúltimo no ranking voltado ao pilar Inovação, com 6,4 pontos. A categoria “envolve a introdução de novas técnicas e métodos que transformam positivamente os processos no interior das empresas, organizações e da sociedade em geral”, segundo o ranking.

MELHORAS

Mesmo com baixo desempenho em vários dos pilares apontados, Roraima apresentou uma melhora na categoria solidez fiscal, que avalia o controle financeiro dos estados e balanceamento de despesas com arrecadações. O estado está em 9º lugar neste ranking, com 72,4 pontos.

A maior vitória de Roraima no ranking de competitividade está no potencial econômico. Nessa categoria, o estado não só está em 1º lugar, como também tirou a nota máxima, de 100 pontos, pelo aumento da força de trabalho nos últimos anos e taxa de crescimento de mercado, que é a maior do país.

CITADO

Roraima cresceu nos pilares de Solidez Fiscal (+6 posições) e Infraestrutura (+2 posições). O Governo saiu de uma intervenção federal e está aplicando um novo modelo de gestão buscando o crescimento do Estado. Infelizmente isso não se consegue em 1 ano e meio de gestão. O Governo de Roraima se empenha em melhorar esses índices e tornar o Estado um lugar melhor para se viver.

Informações e foto: Roraima em Tempo