Prefeito de Alto Alegre e vice são acusados de usar servidores municipais em campanha eleitoral

O Ministério Público Eleitoral (MPE) entrou com uma ação contra o prefeito de Alto Alegre, Pedro Henrique Machado e a vice-prefeita, Simone Friedrich. O gestor é acusado de utilizar servidores para fazer campanha e pesquisa eleitoral clandestina nas eleições de 2020.

A ação que pediu a cassação da chapa foi indeferida pela Justiça, que considerou a impossibilidade de sua aplicação neste momento.

Conforme a denúncia do MPE, funcionários da Prefeitura estavam saindo mais cedo do trabalho para exercerem funções na campanha deste ano. Além disso, faziam pesquisa eleitoral de forma ilegal. As atividades configuram-se como prática de abuso de poder político e desvio de finalidade.

Segundo trecho da ação, durante o processo eleitoral de 2020, os investigados exigiram que servidores públicos municipais da saúde e de outros órgãos fizessem campanha eleitoral, casa a casa, como forma de difundir a proposta da chapa e os seus nomes enquanto candidatos.

Outro lado- Ao Política Macuxi, o prefeito de Alto Alegre, Pedro Henrique Machado, afirmou que colabora e acredita nas instituições do poder judiciário, e negou as acusações do MPE.

“Não usei funcionários para fazer campanha. Nenhuma pesquisa eleitoral foi divulgada de forma clandestina sem registro E eu irei me defender nos autos do processo através dos meus advogados”, destacou.

Outro lado – Em not, o prefeito de Alto Alegre, Pedro Henrique Machado, afirmou que colabora e acredita nas instituições do poder judiciário, e negou as acusações do MPE.

“Não usei funcionários para fazer campanha. Nenhuma pesquisa eleitoral foi divulgada de forma clandestina sem registro E eu irei me defender nos autos do processo através dos meus advogados”, destacou.

Informações: Política Macuxi – Foto: Divulgação