General Guilherme Teófilo disse que prentende ampliar para 117 o número de agentes da Força Nacional na fronteira

O secretário Nacional de Segurança Pública general Guilherme Theophilo anunciou nesta quinta-feira (6) que o Ministério da Justiça deve enviar mais 51 agentes da Força Nacional para que eles atuem na segurança em Pacaraima (RR), cidade brasileira na fronteira com a Venezuela.

A decisão de enviar mais agentes se deu após visita do secretário a Pacaraima, que fica a 215 km de Boa Vista. A cidade é por onde centenas de venezuelanos entram diariamente no Brasil. A Força Nacional atua na fronteira desde fevereiro de 2018. Nesse período, os prazos de permanência foram prorrogados a cada seis meses.

“Estivemos em Pacaraima e verificamos que temos que colocar mais a presença da Força Nacional para auxiliar na segurança da fronteira. Hoje, os agentes estão muito envolvidos no apoio à parte burocrática da Polícia Federal. Queremos aumentar para 117 o nosso número de agentes, que hoje é de 66 homens”, disse o secretário.

O anúncio do envio de mais agentes foi feito durante a inauguração de parte da reforma na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, o maior presídio do estado que abriga atualmente 1,5 mil presos – quase o dobro da capacidade de 786 vagas.

A previsão, segundo ele, é que o novo efetivo seja enviado em um mês ao estado, período em que mais agentes serão treinados pela corporação.

O secretário está no estado desde a quarta (4) cumprindo agenda com órgãos de segurança de Roraima.

Em maio, o Ministro da Justiça, Sergio Moro, prorrogou o prazo de atuação da Força Nacional em apoio à Polícia Federal “nas atividades de prevenção e repressão aos delitos nas fronteiras nacionais”. O novo prazo estende até novembro a permanência dos agentes em Roraima.

Informações: G1 Roraima

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here