O vereador por Boa Vista, Ítalo Otávio, foi gravado em reunião afirmando que tem cargos em várias instituições do Estado, seja no Governo, na Assembleia e Codesaima. O parlamentar foi denunciado no MPF por três pessoas, dentre eles ex-funcionários e parentes de funcionários.

Ítalo afirma que tem cerca de R$ 13 mil na Assembleia com o deputado Odilon, com a ida para o lado do Governo, teria conseguido mais R$ 76 mil em cargos.

“Hoje eu pego mais de R$ 10 mil de cargos. Hoje está saindo a nomeação de mais 10. Eu tenho a habitação da CODESAIMA, com todo o trabalho em cima do Vila Jardim e todos os negócios ali. Eu tenho a Rodoviária, tenho a balsa do Vista Alegre”, diz Ítalo.

Na denúncia contra o parlamentar que foi entregue no Ministério Público Federal constam tabelas com os nomes dos servidores do gabinete do Ítalo, com os respectivos salários e o quantitativo supostamente devolvido, apontado pelos denunciantes

Conforme tabela, o chefe de gabinete recebia salário de R$ 5 mil e devolvia R$ 3.500. Outro servidor no cargo de serviços externos recebia a quantia de R$ 5 mil e devolvia R$ 2 mil. O cargo de marketing, com remuneração de R$ 5 mil, apenas R$ 2 mil ficavam com o servidor e outro servidor identificado como “responsável pelo Senador Hélio Campos” devolvia R$ 1.500 do salário de R$ 3 mil.

Na denúncia há ainda a lista dos servidores indicados supostamente por Ítalo Otávio para cargos na Câmara de Boa Vista que, segundo denunciantes, também devolviam partes dos salários. Veja:

As denúncias contra Ítalo são vinculadas ao deputado Odilon Filho, que afirmam uma troca de favores e cargos entre os dois parlamentares. Na tabela 6 da denúncia, há afirmações de que a irmã de Ítalo, Aliana Mara Pinto Ferreira, recebia no gabinete do deputado Odilon e devolvia parte do salário. Outro servidor, o primeiro da lista, devolvia parte do salário e, segundo informações da denúncia, devolveu toda a diária de uma viagem ao vereador.

Veja os detalhes da denúncia com os nomes e respectivas funções
Nomes, as ligações dos envolvidos com o deputado e o vereador e o que eles faziam

A denúncia afirma ainda que há indícios de irregularidades em licitações envolvendo o deputado Odilon e o prefeito do município de Caracaraí. (Ver no link abaixo)

Por fim, dos crimes possivelmente cometidos, conforme denúncia, o vereador Ítalo Otávio e o deputado Odilon podem responder por Lavagem de Dinheiro, Abuso de Poder, Improbidade Administrativa, Estelionato, Dano ao erário, Formação de quadrilha, Nepotismo Cruzado e direto, Fraude em licitação, compra de votos e corrupção ativa e passiva.

Clique aqui para baixar a Denúncia Completa ao MPF em 13 de Fev de 2019 as 11:26 

http://boavistaja.com/wp-content/uploads/2019/09/MPF-italo.pdf
http://boavistaja.com/wp-content/uploads/2019/09/MPF-italo.pdf

Ítalo coleciona denúncias em carreira política

FARRA! Vereador Ítalo Otávio já recebeu quase R$ 900 mil em indenizatórias e diárias

Ex-funcionário acusa Ítalo de ficar com parte de salários e diárias

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here