Na ação a Polícia Federal relembra que a investigação foi instaurada para investigar indícios de importação clandestina de ouro e prata (Foto: Ascom/Polícia Federal)

A 4ª  Vara Federal da Seção Judiciária de Roraima, decretou a prisão preventiva e temporária, a quebra de sigilo, sequestro e bloqueio de bens. Na ação a Polícia Federal afirma que a investigação foi instaurada para investigar indícios de importação clandestina de ouro e prata provenientes da Venezuela, por uma empresa instalada em Pacaraima, sem qualquer autorização do Bacen e sem declaração à Receita Federal, minérios provenientes de garimpo ilegal, com dissimulação de origem, natureza e movimentação dos metais preciosos negociados pelos investigados.

Por conta da investigação foi possível individualizar a conduta criminosa de pessoas ligadas a uma empresa que seria a receptadora e exportadora de ouro ilegal importado, além da identificação dos principais fornecedores do ouro.

Segundo a Polícia Federal, por conta da investigação foi possível individualizar a conduta criminosa de pessoas ligadas a empresa, que seria receptadora e exportadora do ouro ilegal.

O esquema funciona como típica organização criminosa constituída inclusive de servidores públicos com o objetivo e auferir lucro mediante prática de contrabando, lavagem de dinheiro, receptação qualificada, falsidade ideológica, facilitação para o descaminho e corrupção.

Em síntese o modus operandi consiste em exportação de produtos para a Venezuela por empresas nacionais, principalmente alimentos que recebem em contrapartida ouro importado ilegalmente, repassando para esta empresa que ‘esquentava’ o ouro.

A Justiça autorizou a prisão preventiva de:

Marcelo Camacho Pinto, Marco Antonio Flores Moreno, Yonara Carla Pinho de Melo, Paulo Cezar Pereira Camilo, Regina Edna Ramos Geraldo, Altieres Rodrigues de Sousa Junior, Ruy da Silva Mariz, Jackson Wanderlei da Silva, Mario Sérgio Gonzaga Medeiros, Juan Josué Pantoja, Pedro Jesus Escalona Escobar, Joel Antonio Munoz Mejias, Valdemir de Melo Junior, Hernandes Jesus Santos Silva, Cleber Felisberto de Aguiar, Roberto Antonio Espejo Camacho e Nelson Jose Millan Diaz.

Também expediu prisão temporária de 5 dias para:

Antonio Ramon Rivas Rodrigues, Felipe Eric Maia Sousa, Líbia Patrícia Cristancho Troconis, Paulo José Assis de Souza e Luís Miguel Escalona Pantoja.

A Justiça também determinou busca e apreensão nas empresas:

Casa de Câmbio da MC (antigo Hotel Bristol), MC Produtos da Extração Mineral Eireli – Loja Pacaraima, MC Produtos da Extração Mineral Eireli – Escritório. E na residência das seguintes pessoas: Marcelo Camacho Pinto, Marco Antônio Flores Moreno, Yonara Carla Pinho de Melo, Paulo Cezar Pereira Camilo, Regina Edna Ramos Geraldo, Altieres Rodrigues de Sousa Junior, Ruy da Silva Mariz, Jackson Wanderley da Silva, Mario Sergio Gonzaga Medeiros, Juan Josue Pantoja Pantoja, Habibis Del Valle Scalona Pantoja, Luis Miguel Escalona Pantoja, Pedro Jesus Escalona Escobar, Fellipe Eric Maia Sousa, Joel Antonio Munoz Mejias, Paulo José Assis de Souza, Valdemir de Melo Junior, Hernandes Jesus Santos Silva, Adison da Silva Chaves, Cristiano da Silva Cordeiro, Cleber Felisberto de Aguiar, Roberto Antonio Espejo Camacho, Nelson Jose Millan Diaz, Aurelio Tadeu, Menezes de Cantuaria Junior, Fabiano Coelho de Morais, Eliel de Souza Abreu, Marcos Ramos Marques e Marcos Alfredo Ramos Manrique

Por fim, expediu mandado de busca e apreensão de Ouro até R$ 102 milhões de reais, instrumentos e insumos utilizados na fundição, preparação e purificação de ouro, HDs, laptops, pen drives, smartphones e arquivos eletrônicos, documentos e manuscritos, valores em moeda estrangeira, sem documento, veículos automotores, além de quebra de sigilo de dados, bancário, fiscal.

Foi determinado ainda o sequestro de bens e bloqueio da RBM recuperadora, Avati Participações, Voll Holdin, Proper Logistica, MC Produtores da Extração Mineral, Marcelo Camacho Pinto, Marco Antonio Flores, Ramos e Ramos Ltda, Valdemir de Melo Junior e Hernandes Jesus Santos Silva.

Informações: Folha de Boa Vista