Categoria iniciou protestos na segunda-feira (16), na Cidade da Polícia – Edinaldo Morais

Policiais civis se preparam para acampar em frente ao Palácio Senador Hélio Campos contra o reajuste de até 47,8% nos salários dos delegados de Roraima. A mobilização tem previsão para se iniciar nesta quarta-feira (18).

Procurado pela reportagem, o Sindicato dos Policiais Civis de Roraima (Sindpol) não confirma a ocupação, no entanto, fontes do Roraima em Tempo asseguram que há inclusive uma escala de policiais voluntários para se revezar no acampamento.

Fardos de arroz, feijão, açúcar, café, colchões, tendas, carros de som e até um gerador de energia estão entre os itens arrecadados pelos manifestantes para se manterem no acampamento. A partir do início da ocupação, não há previsão para que os policiais deixem o local.

ISONOMIA

Desde segunda-feira (16), a categoria se mobiliza para derrubar o aumento salarial para os delegados. A proposta foi aprovada na última sexta-feira (13) pela Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR).

O presidente do Sindpol, Leandro Almeida, defende que o reajuste deva ser estendido a outras classes da Polícia Civil e que o governador Antonio Denarium (PSL) trate a instituição de forma única.

Nessa terça (17), um grupo de policiais protestou durante a chegada de Denarium no aeroporto Atlas Catanhede após viagem a Belém. Denarium garantiu que uma reunião seria feita nesta quarta, às 9h, para receber as reivindicações da categoria, mas a reunião não foi confirmada pelo Sindpol.

Informações: Roraima em Tempo