Neste período de isolamento social e férias escolares antecipadas, os alunos da rede municipal de Boa Vista contarão com um projeto inovador a ser desenvolvido no ambiente domiciliar: o Boa Vista – Aprendendo em Casa. A novidade foi anunciada nesta terça-feira, 31, pela prefeita Teresa Surita durante uma live. Inteiramente digital, o projeto já está disponível na página do instagram @aprendendoemcasabv

Os familiares dos alunos, professores, gestores estão convidados a seguir a página e interagirem. A partir desta quarta-feira, 1º, diariamente os profissionais da Secretaria Municipal de Educação postarão atividades diferenciadas para a criançada praticar em casa com a ajuda dos pais, durante este período. Serão atividades específicas para cada modalidade de ensino (Educação infantil, Educação Especial, Ensino Fundamental, e indígena).

“Já temos mais 4 mil seguidores e queremos atingir os 44 mil alunos da rede através de seus pais. É importante os familiares logarem e acompanharem aquilo que vai ser publicado. Serão atividades diárias, extracurriculares, para as nossas crianças não perderem o ritmo da escola, o que vai deixá-las menos ansiosas e o vínculo familiar ficará ainda mais forte. Vamos ter uma interação bacana, construtiva e produtiva entre todos os alunos”, declarou.

A iniciativa veio em um momento em que todo o Brasil está se mobilizando no combate ao novo coronavírus (COVID-19). O intuito é orientar as famílias a direcionarem atividades pedagógicas para seus filhos no ambiente domiciliar, contribuir para que as crianças continuem ampliando seus aprendizados no aconchego de casa, e também fortalecer os laços afetivos nas famílias.

No projeto virtual, o papel das famílias é direcionar as crianças para que realizem as atividades propostas. Como referência dentro do ambiente escolar, o professor é quem vai interagir tanto na página quanto nos grupos de watsapp criados por eles, estimulando alunos e familiares a realizarem as atividades e também apresentando sugestões de atividades. Os gestores vão gerenciar e acompanhar os professores neste processo de articulação com as famílias.

É importante ressaltar que as atividades virtuais são extracurriculares e não substituirão a grande curricular presencial. São atividades simples, que fazem as crianças manterem o cérebro ativado, aprendendo e se desenvolvendo tanto social quanto intelectualmente. Para o secretário municipal de Educação, Arthur Henrique, este é um processo importante para que a aprendizagem das crianças não seja interrompida neste período.

“Estamos passando por um processo de crise mundial em relação à saúde pública, onde tivemos que chegar ao ponto de suspender as aulas e buscar o isolamento devido ao Covid-19. Nesse contexto, a secretaria está lançando o projeto Boa Vista Aprendendo em Casa, onde queremos auxiliar os pais no contínuo desenvolvimento dessas crianças dentro de casa. Elas precisam continuar aprendendo e não podemos deixar a mente delas ociosas durante todo esse tempo”, declarou.