Aogra quando quase não se verifica trânsito de veículos na BR-174, na reserva dos Waimiri-Atroari, as lideranças indígenas resolveram facilitar a passagem e removeram a corrente que impede o tráfego no período da noite. A medida vai durar pelos próximos 15 dias.

A estrada não está bloqueada mas o trânsito está bastante reduzido por conta da pandemia do coronavírus, sobretudo pela expansão da doença no estado do Amazonas, que já contabiliza 151 casos e por restrições de tráfego de veículos e de pessoas impostas pelos dois governos.

Em nota a Associação Comunidade Waimiri Atroari entidade explicou que a abertura das correntes leva em conta “a situação de pandemia de covid-19 e a necessidade excepcional de necessária colaboração, razoabilidade e proporcionalidade nas ações de exercícios dos direitos garantidos à população indígena”.

Ainda assim, “considerando a necessidade de adoção de medidas excepcionais de segurança da saúde”, “continua vedado o acesso de pessoas não autorizadas às aldeias e postos de fiscalização e apoio localizados na Terra Indígena Waimiri Atroari, sendo permitido somente o tráfego de veículos pela BR-174”.

Informações: Blog do Perônico