Boa Vista Junina: Grupo especial encerram noite de apresentações

Quadrilha Explosão Junina | Foto: Fernando Teixeira/Semuc

A disputa está cada vez mais acirrada. No total, 12 grupos disputam o título de campeão do grupo especial do Boa Vista Junina 2016. Nesta quinta-feira, última noite de apresentações, mais três quadrilhas levaram uma multidão para a Arena Junina: Explosão Junina, Xamego na Roça e Coração Caipira.

 
Falando do amor entre a Bela e a Fera, os 25 casais da Explosão Junina fizeram uma festança no tablado do Maior Arraial da Amazônia. Trazendo o colorido no traje típico, que misturava elegância palaciana e a tradicional chita das noites de arraial, a quadrilha dançou e cantou o tema: “Sou Bela, sou Fera, também caipira”. “Estamos com uma grande expectativa. Mostramos o resultado de um trabalho que foi preparado com muito amor para contar uma linda história”, disse o brincante do grupo, Jackson Souza.
 
A quadrilha Xamego na Roça trouxe para a disputa deste ano o tema: “Sanfona, uma viagem musical”, e levou o público a um passeio pelos países onde a sanfona impera, com ritmos dançantes e acordes fortes. “Demos o nosso melhor, esperamos que os jurados tenham gostado. Foram seis meses de preparação para chegarmos até aqui”, contou o noivo do grupo, Rodrigo Evangelista.
 

Quadrilha Xamego na Roça | Foto: Fernando Teixeira/Semuc

Quadrilha Xamego na Roça | Foto: Fernando Teixeira/Semuc


 
Encerrando a disputa de 2016, a quadrilha Coração Caipira mostrou que a missão dos jurados vai ser difícil. Com o tema “Além do infinito, além dos céus, o paraíso”, o grupo empolgou o público contando a história de um sertanejo que morreu e foi parar no céu, encontrando São João, São Pedro e Santo Antônio. A quadrilha também prestou uma homenagens a quadrilheiros de outros grupos já falecidos.
 
Quadrilha Coração Caipira | Foto: Eduardo Andrade/Semuc

Quadrilha Coração Caipira | Foto: Eduardo Andrade/Semuc


 
“O coração está a mil. Muita emoção. O melhor de tudo é poder representar o grupo que eu amo. Nos preparamos muito para esse dia. É uma honra poder brigar pelo título representando a Coração Caipira. Fizemos uma linda apresentação, agora é aguardar a apuração”, destacou a noiva do grupo, Clycia Carla.
 
Apuração
No dia 25, às 10h, ocorre a apuração e o público vai conhecer as campeãs da 16ª edição do Boa Vista Junina. São 12 quadrilhas do grupo de acesso disputando o título e 12 do especial. As duas primeiras quadrilhas colocadas no grupo de acesso sobem para o grupo especial, as duas últimas do grupo especial descem para o acesso e, as duas últimas do acesso ficam de fora da disputa do próximo ano; assim outros dois novos grupos assumem as vagas e garantem o direito de participar da competição em 2017.
 

Veja também

Top