Artesãos garantem renda extra no Maior Arraial da Amazônia

O Maior Arraial da Amazônia movimenta vários setores da economia de Boa Vista, dentre eles o de produtos artesanais. Com o público recorde nas primeiras noites de festa, os comerciantes aumentaram as vendas e estão dando maior visibilidade ao setor de artesanato, garantindo complemento à renda familiar.

 
Quem visitar a Praça Fábio Marques Paracat, terá a oportunidade de ver e comprar uma variedade de produtos como: bijuterias, brinquedos infláveis, acessórios típicos das festas juninas, e uma série de artigos para decoração de casa que atraem a atenção de quem passa. Ao todo, são 20 barracas que comercializam artesanato no Boa Vista Junina 2017.
 

Artesãos garantem renda extra no Maior Arraial da Amazônia. | Foto: Diego Dantas

Artesãos garantem renda extra no Maior Arraial da Amazônia. | Foto: Diego Dantas


 
Para a Artesã Marlene Arts, que trabalha com artesanato desde 1995, as vendas representam 50% de sua renda e o arraial traz dois benefícios para o setor: maior comercialização e mais visibilidade para os produtos. “As vendas aumentam, tanto durante as festas como depois, pois muitas pessoas não compram de imediato, buscam pelos produtos posteriormente”, disse.
 
A maior parte dos artesãos trabalha com produtos que representam a região amazônica, e as matérias primas são sementes, raízes, troncos de madeira, galhos, entre outros. É o caso do senhor Sadi Tenente, que já trabalha há 10 anos produzindo móveis de madeira reciclada e está aproveitando o Boa Vista Junina para vender e promover os seus produtos. “Eu aproveito madeira de qualidade que a industria madeireira não utiliza. Eu pego só as madeiras e aqui no arraial estou vendendo e fazendo a divulgação dos meus produtos”. explicou.
 
Foto: Diego Dantas

Veja também

Top