Coração Caipira e Matuta Encantá são as campeãs do Boa Vista Junina 2017

O dia tão esperado chegou e neste sábado, 24, foi anunciado oficialmente as quadrilhas vencedoras do Boa Vista Junina 2017. Do grupo especial, a vencedora foi a Coração Caipira, que obteve 269,8 pontos. Já a campeã do grupo de acesso foi a Matuta Encantá, com 267 pontos. A apuração aconteceu pela manhã na Arena Junina, na Praça Velia Coutinho e as primeiras colocadas de cada grupo vão se apresentar na Arena Junina.

 
O anúncio foi celebrado pelas quadrilhas. A Coração Caipira, que neste ano abordou os desafios da mulher moderna, encarou mais de seis meses de preparação, incluindo ensaios, confecção de material, entre outros trabalhos que, para eles, garantiram pela quarta vez o destaque numa edição do Boa Vista Junina.
 
“Essa felicidade que nós temos hoje, pela quarta vez campeã no Boa Vista Junina, é grande demais. Nos programamos bem antes dos ensaios com o tema, levamos esta homenagem às mulheres e foi o que nos consagrou campeões. Acreditamos, confiamos e hoje o resultado veio”, afirmou o fundador Francisco Araújo.
 
Como regra, as duas primeiras colocadas no grupo de acesso sobem para o grupo especial para o próximo ano. Assim, além da campeã Matuta Encantá, a segunda colocada quadrilha Arrasta Pé passa para o outro grupo no próximo Boa Vista Junina. A promoção foi vista como uma grande vitória para o grupo.
 
“É o desafio, pois a maioria dos nossos integrantes jamais tinha subido a um tablado. Então, só o fato de ter sido a vice-campeã do grupo de acesso no Boa Vista Junina e ter essa garantia de dançar pelo grupo especial já é uma grande vitória e nós estamos muito felizes, prontos para o ano que vem”, disse o presidente Paulo Tadeu das Neves.
 
Segundo o superintendente de Cultura da Fetec, Enos Almeida, a disputa foi acirrada, pois houve um grande brilhantismo por parte das quadrilhas, desde o desenvolvimento do tema, como também de toda cenografia envolvida nas apresentações. E reafirmou a lisura e a seriedade do processo de escolha das campeãs.
 
“Nós não fazemos arraiais há 17 dias, mas há 17 anos. Tudo o que foi julgado foram quesitos típicos de arraiais, vinculados a tradição das quadrilhas. Isso pode até gerar um descontentamento em alguma parte, mas no geral, tivemos um resultado digno e justo. As vencedoras apresentaram um material dentro desta linha, profissionalmente, melhorando seu repertório temático e visual. E é um grande motivo para comemoração”.
 
Confira abaixo a classificação:
 
GRUPO ESPECIAL
Coração Caipira
Eita Junino
Zé Monteirão
Gonzagão
Amor Caipira
Explosão Caipira
Sinhá Benta
Garranchê
Xamego na Roça
Escola Forrozão
Perdidos na Roça (Passa para o grupo de acesso)
Filhos de Makunaima(Passa para o grupo de acesso)
 
GRUPO DE ACESSO
Matuta Encantá(Passa para o grupo especial)
Arrasta Pé(Passa para o grupo especial)
Agitação Caipira
Explosão Junina
Paixão do Sertão
Tradição Macuxi
São Vicente
Estrela Junina
Coração de Estudante
Macedão
Coração do Sertão (fora da edição de 2018)
Namoro Caipira (fora da edição de 2018)
 

Veja também

Top