Praça Velia Coutinho recebe arte e cultura neste fim de semana

Ao som de música ao vivo e um varal fotográfico com mais de 100 fotos em exposição, é que a Feirinha de Artesanato retorna à Praça Velia Coutinho em 2017. O evento que iniciou nesta sexta-feira (17), e continua neste sábado (18), é em comemoração ao Dia Nacional do Turismo (2 de março) e o Dia do Artesão (19 de março). São cerca de 18 artesãos de Boa Vista que expõem o seu trabalho na feirinha mais tradicional da cidade.

 
Nestes dois dias, além de curtirem boa música com o Instituto Boa Vista de Música (IBVM), os visitantes podem apreciar o trabalho dos artesãos locais e ainda degustar de uma variedade de comidas na Feira Gastronômica. O II Varal Fotográfico veio também com o objetivo de divulgar o turismo e a diversidade cultural do município, através das fotos que retratam as tradições e a beleza da capital roraimense.
 
Quem está feliz por apresentar e comercializar suas produções é a artesã amazonense Sigrid Braga, de 46 anos. Desde os 16, Sigrid começou a pegar gosto pela arte de produzir bijuterias, através de um curso que ela fez na área. Chegou a vender para suas colegas de escola, no evento de Parintins e hoje é do artesanato que ela tira o seu sustento, graças ao apoio da prefeitura, que garante toda uma estrutura.
 
“O artesanato para mim é uma distração, mas é também de onde tiro o meu sustento. Tenho artesanato para todo tipo de cliente, para a criança, jovem e adulto. Eu vivo disso e agradeço muito a prefeitura por proporcionar esse momento nos espaços públicos da cidade e nos grandes eventos do município”, disse.
 
Foi como professora de artes, que o talento da artesã Letícia Ferreira, de 60 anos, foi despertado. Há muito tempo ela começou a produzir utilitários domésticos e decorativos com o serviço de corte e costura. Para ela, o apoio da prefeitura faz toda a diferença na vida de quem decidiu fazer história na Feira. “Somos muito gratos à prefeitura pela atitude de valorizar o nosso trabalho e agregar valor ao que produzimos”, disse.
 
Este ano, A Prefeitura de Boa Vista e a Fundação de Educação, Turismo, Esporte e Cultura de Boa Vista (Fetec) decidiram inovar e fazer diferente. Agora a Feirinha quase sempre virá acompanhada da feira gastronômica e com a parceria do IBVM, e ainda em dois locais da cidade: Praças Velia Coutinho e a do Mirandinha, conforme o cronograma feito para este primeiro semestre.
 
São 18 barracas reservados aos artesãos e sete para a gastronomia. O varal fotográfico é uma atração à parte deste final de semana por se tratar das comemorações do dia do Turismo. “O turismo envolve várias áreas. O artesanato e a gastronomia estão inseridos no desenvolvimento de uma cidade turística, assim como a cultura e as tradições locais. Então a gente mescla tudo isso valorizando todo esse setor que move o turismo em Boa Vista”, disse Enos Almeida, superintendente de Cultura.
 
De fato, as feiras de artesanato são tradições culturais no mundo inteiro e estão presentes em todos os cantos do país. Elas tornaram-se vitrines da regionalidade e características específicas de cada lugar. O artesanato é a arte e a cultura de um povo refletida em diversos produtos, uma arte repassada de geração em geração, além disso, é um setor da economia cujo crescimento possui alto potencial de geração de renda e de desenvolvimento turístico.
 
Confira a as próximas datas de programação para os dois locais

Mês Mirandinha Velia Coutinho Obs.
Abril Dia 1º – sábado 12 e 13 – quarta e quinta Dia do Livro Infantil

Páscoa

Maio Dia 6 – sábado 19 e 20 – sexta e sábado Dia das Mães

 
Foto: Eduardo Andrade

Veja também

Top