Boto Preto de Natação: Atletas da escolinha de esportes da Vila Olímpica se destacam

Os alunos da escolinha de natação da Vila Olímpica, mais uma vez são destaque na 29ª edição do Torneio Boto Preto de Natação. A competição aconteceu no Parque das Piscinas da Vila Olímpica Roberto Marinho neste final de semana, dias 28 e 29. O evento, organizado pela Federação de Desportos Aquáticos de Roraima (Fedar) em parceria com a Fundação de Educação, Turismo, Esporte e Cultura (Fetec), levou para as disputas aquáticas 150 atletas de quatro clubes se enfrentando em 83 provas.

 
Participaram da competição, 30 atletas da escolinha de esportes da Vila Olímpica, conquistando 38 medalhas, sendo 14 ouros, 13 pratas e 11 bronzes. Com o resultado, a equipe ficou em terceiro lugar no torneio. Os alunos da Vila que ganharam medalhas de ouro foram: Gabriel Taylon, Karisuele Rafaele, Sara Vitória, Lara Karla, Nicole Salazar, Thaina Gomes, Elma Monteiro e Pedro Henrique Souza.
 
Gabriel Taylon, 17, ganhou uma medalha de ouro e três bronzes. O jovem participa dos treinos na Vila desde os oito anos de idade. Segundo ele, cada medalha conquistada é um incentivo para melhorar e ter a chance de chegar às grandes competições no Brasil e fora dele. “A Natação é o esporte que mais me chamou atenção desde pequeno. Tenho me dedicado a cada treino para um dia ter a chance de participar de competições nacionais e até internacionais”, disse.
 
Já a atleta Karisuele Rafaele, 19, conquistou dois ouros, duas pratas e três bronzes. Desde 2013, a atleta se dedica aos treinos na Vila Olímpica e já coleciona 76 medalhas de competições locais, sendo seis medalhas de atleta mais eficiente. “Venho participando das competições para manter e melhorar os tempos, porque eu venho para ganhar e não para perder. A cada medalha é uma motivação a mais, estamos com um plano de competir fora, buscar patrocínio e conquistar mais medalhas para a Vila”, ressaltou a atleta.
 
Quatro clubes participam desta edição. Em primeiro lugar ficou a Aquática Marinho/ASSOPBM, a APABV/6ºBEC conquistou o segundo lugar, a terceira colocação ficou com a Escolinha da Vila Olímpica/FETEC e a SINPOL ficou em quarto lugar. Foram disputadas 83 provas, com atletas das categorias Pré-Mirim (até 8 anos), Mirim (9 e 10 anos), Petiz (11 e 12 anos), Infantil (13 e 14 anos), Juvenil (15 e 16 anos), Júnior (17 a 19 anos), Sênior (20 a 25 anos) e Master (a partir de 26 anos).
 
Aymê Nobre, 15, da Aquática Marinho, é beneficiária do Programa Bolsa Atleta da Prefeitura e recebe mensalmente o valor de R$ 500. A menina disse que o incentivo é importante para cobrir custos em competições dentro e fora do estado e melhorar seu rendimento. “Há dois anos, o programa tem me ajudando bastante na compra de passagens para competir fora, e na compra dos materiais. Em 10 anos de natação já conquistei 250 medalhas, e o incentivo da prefeitura foi um grande aliado destas conquistas”, disse a menina.
 

Boto Preto de Natação: Atletas da escolinha de esportes da Vila Olímpica se destacam. | Foto: Andrezza Mariot

Boto Preto de Natação: Atletas da escolinha de esportes da Vila Olímpica se destacam. | Foto: Andrezza Mariot

Os três primeiros colocados de cada prova receberam medalhas de ouro, prata e bronze. Os clubes que se consagraram e somaram mais pontos foram premiados com troféus. Atletas que mais somaram pontos das categorias Infantis à Seniores também foram premiados com troféus.
 
Competição em Manaus
De acordo com a presidente da Fedar, Gilda Hupsel, esta edição do Torneio foi importante para que os atletas melhorem seus tempos para a participarem do Troféu Leônidas Marques, que acontece em Manaus, nos dias 19 e 20 de maio, um evento em que participam atletas do norte e nordeste.
 
“Teremos em breve um campeonato a nível regional em Manaus e aqui estamos baixando os tempos dos atletas, para serem balizados lá com um tempo melhor. A maioria dos atletas conseguiram se superar, o que é ótimo para Roraima. Pretendemos levar uns 40 atletas de todos os clubes. Eles vêm desde o começo do ano treinando e o único evento que eles tem para baixar os tempos é esse, porque daqui há uma semana já começam a fazer a inscrições para participarem do evento em Manaus”, disse.
 
A Escolinha de Natação da Vila Olímpica Roberto Marinho atende hoje cerca de 500 alunos de 7 a 17 anos. O objetivo é oferecer uma atividade física voltada à integração e a formação profissional. As aulas ocorrem de segunda a sexta-feira, em horário oposto ao escolar.
 
Foto: Andrezza Mariot

Veja também

Top