Esse é o sexto filme de Alex Pizano que já escreveu seu nome na história do audiovisual roraimense e da região norte (Foto: Divulgação)

Das 143 obras inscritas de oito estados, foram escolhidos cinco longas, 10 curtas e 15 videoclipes para a mostra competitiva, além de 10 curtas e 10 videoclipes para a informativa.

A curadoria foi eleita pelos cineastas Lucas Sá (MA) e Sérgio Andrade (AM). Assim como no ano passado, o festival de 2019 terá filmes de Roraima, Maranhão, Pará, Tocantins, Amazonas e Acre.

De Roraima foi selecionado o curta-metragem Cavalgada dos Justos, do diretor de cinema Alex Pizano.

O festival será realizado de 1º a 7 de dezembro, e na abertura será exibido o filme “A vida invisível de Eurídice Gusmão”, do cearense Karin Ainouz, que ganhou o prêmio principal da mostra Um Certain Regard (Um Certo Olhar), a segunda mais importante do Festival de Cannes. A atriz e diretora Barbara Paz é presença confirmada, no segundo dia doe vento, na abertura da Mostra Panorama Brasil, com o filme “Babenco – alguém tem que ouvir o coração dizer: parou”.

Confira a lista completa dos filmes selecionados: www.maranhaonatela.com.br.

Informações: Folha de Boa Vista

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here