A interiorização é coordenada pela Operação Acolhida e as passagens aéreas são custeadas pela Organização Internacional para Migrações (OIM).

O programa de interiorização do Governo Federal transferiu mais 247 venezuelanos para oito cidades diferentes nesta segunda-feira (17). Os imigrantes deixaram a capital de Roraima em ônibus fretados e voos comerciais e da Força Aérea Brasileira. A interiorização é coordenada pela Operação Acolhida e as passagens aéreas foram custeadas pela Organização Internacional para Migrações (OIM).

Os transferidos em voos comerciais foram todos interiorizados na modalidade inserção laboral, na qual os imigrantes saem de Boa Vista com proposta de emprego sinalizada na cidade em que irão morar.

Deste total, 23 venezuelanos saíram de Boa Vista por volta das 8h30 (10h30 horário de Brasília) em um ônibus com destino a Manaus, e de lá seguem para a cidade de Tupãssi (PR) na madrugada desta terça (18). Às 9h, outros 40 embarcaram em uma aeronave C-99 da FAB, no aeroporto a capital e de lá seguiram para o sudeste do país, sendo 12 para Guarulhos (SP) e 28 para Italva (RJ).

Além destes, 184 imigrantes foram levados para Recife (PE) em um voo na aeronave Boeing, onde 102 ficarão em abrigos da capital e os demais serão distribuídos para os municípios de Caicó, Conde, João Pessoa e Igarassu.

A ação teve apoio da operação Acolhida, que, desde 5 de abril, tem auxiliado na interiorização dos imigrantes venezuelanos que chegam a Roraima fugindo da crise no país natal. A ideia é proporcionar a eles novas oportunidades de serem inseridos no mercado de trabalho.

Informações: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here