Segundo a filha da vítima, a equipe médica do HGR não deu o devido atendimento

Uma comerciante de 55 anos morreu nesta quinta-feira, 17, em acidente de trânsito no bairro Senador Hélio Campos. Porém, a filha da vítima denuncia o Hospital Geral de Roraima (HGR) por negligência médica.

Para a jovem, de 29 anos, a equipe médica que atendeu Máisa Maria de Lima, não recebeu o atendimento adequado, que teve múltiplas fraturas no corpo. Teriam alegado inclusive não ter material cirúrgico.

Máisa conduzia uma motocicleta na avenida S-24, quando colidiu com uma pick-up, que segundo a filha da vítima, conduzida por um homem embriagado que avançou a preferencial. Após a batida, ele abandonou o veículo e ainda não foi localizado.

Em nota, a Secretaria Estadual da Saúde (Sesau) informou que o caso deve ser relatado à ouvidoria do Sistema Único de Saúde (SUS), para que haja a devida apuração. “Ao receber a reclamação, a Sesau realiza uma investigação minuciosa do fato e se for comprovada qualquer negligência, os envolvidos são devidamente punidos”, diz a nota.

Da redação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here