Foram mais de de 30 mil carteiras de trabalhos emitidas a estrangeiros (foto: Fábio Calillo)

O Estado de Roraima foi o que, proporcionalmente, mais emitiu a Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) em 2018. Aliado a isso, também foi o que mais emitiu carteiras para estrangeiros, claramente, um reflexo da imigração venezuelana. Os dados são do Ministério da Economia, que indicou alta de 115%.

O número de carteiras emitidas e m Roraima, no total, saltou de 20 mil, em 2017, para 43 mil, em 2018. Desse número, 36% foi para estrangeiros, o que representa 30.683 documentos emitidos. De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), o número de venezuelanos fugindo da crise causada pela ditadura de Nicolás Maduro deve chegar a 5,3 milhões em 2019.

Em todo o Brasil, o número de carteiras emitidas em 2018 foi de 5.084.515 – um aumento de 5% em relação a 2017, quando 4,8 milhões de trabalhadores receberam o documento. Foram 4.999.502 de carteiras para brasileiros e 85.013 para estrangeiros, segundo a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Com informações de: Ministério da Economia

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here