O feriado municipal de São Sebastião, considerado pelos católicos como padroeiro de Boa Vista, não impediu que as lojas do Centro e dos bairros mais afastados abrissem as portas para atender a clientela durante o dia de ontem, segunda-feira (20). O lucro foi pouco, mas a maioria dos comerciantes trabalhou normalmente. Eles alegam que é impossível fechar as portas em feriado que cai em dia útil, pois janeiro é o pior mês para o comércio.

Nossa equipe foi ao Centro e no trecho comercial da Avenida Ataíde Teive, entre os bairros Tancredo Neves e Asa Branca, e percebeu um movimento maior na zona comercial da zona oeste, em relação ao percebido na área central, que estava com pouco fluxo de público.

NO CENTRO DA CAPITAL – Apesar de praticamente todas as lojas da área central da cidade estarem abertas, o movimento estava extremamente baixo, com maior concentração no Centro Comercial Caxambú.

Soma-se a isso o período de baixas vendas que ocorrem no mês de janeiro, pós-época de festas. Isso foi determinante para o esvaziamento de estabelecimentos de vários segmentos ali localizados, como a de uma loja de eletrônicos. Natália Marques, gerente desse estabelecimento, falou sobre isso.

“Não só nesse feriado, mas o mês inteiro está bem aquém do esperado, muito por conta dos gastos com Natal e Ano Novo. As pessoas estão evitando comprar, então não acredito que vá melhorar muito”, salientou Natália.

O baixo movimento no Centro também atingiu uma loja de roupas da Avenida Jaime Brasil. “É lógico que temos sempre a esperança de que haja uma melhora nas vendas e isso até segue a normalidade que está nesse período de início de ano, onde geralmente o nosso faturamento cai; e todo o início de ano, há um preparo para isso”, destacou o gerente, Fábio Araújo.

NA ZONA OESTE – Já no trecho da Avenida Ataíde Teive, o comércio estava bem mais agitado que o visto na área central da capital. Francisco Filho, sócio de uma rede de lojas de vestuário masculino, considera o feriado, em si, bastante positivo.

“As pessoas geralmente ficam em casa em um feriado como esse, que nesse caso caiu em uma segunda-feira, e isso contribui, pois ficamos abertos para receber essas pessoas. Hoje o movimento está dentro do normal”, frisou Filho.

Em uma loja de eletrônicos e variedades localizada na avenida, a procura é sempre boa e hoje não poderia ser diferente, principalmente por conta das voltas às aulas. “É claro que o movimento está abaixo do esperado, se comparado com o mês passado, que teve as comemorações de fim de ano, mas o que salva é essa procura do público por materiais escolares”, concluiu o gerente da loja, Wesley Lopes Pereira.

Informações e Foto: Folha de Boa Vista

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here