A Prefeitura de Boa Vista, por meio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, iniciou nesta quarta-feira, 22, as atividades da 7ª Semana Pedagógica. O objetivo é valorizar os profissionais e disponibilizar recursos e suporte didáticos para o gerenciamento administrativo e pedagógico das atividades escolares no ano letivo 2020 que se inicia na próxima semana. 

A programação, desenvolvida no Teatro Municipal de Boa Vista, segue até este sábado, 25, das 8h às 18h30. Cerca de 2.500 educadores das 122 unidades de ensino do município participam das oficinas, palestras e workshop, entre eles, gestores, vice-gestores, coordenadores pedagógicos, professores titulares de sala de aula (inclusive do EJA), de educação física, arte-educadores e cuidadores. 

O foco principal este ano é o trabalho de implementação do Currículo da Educação Infantil e, para o Ensino Fundamental, o desenvolvimento dos trabalhos em consonância com a Nova Base Nacional Comum Curricular. As palestras trabalham vários temas, entre eles, escola dos meus sonhos, o papel da criatividade e inovação, desenvolvimento humano e neurociência. 

As oficinas abordarão os temas: Arte na Educação Infantil e Ensino Fundamental, alfabetização e letramento, protagonismo e desafios do professor indígena, entre outros. Entre os palestrantes estão especialistas locais e nacionais em educação. 

No sábado, 25, será realizada uma programação para os gestores das unidades de ensino com temas sobre liderança, gestão e experiências exitosas com a participação de Paulo Magri, secretário municipal de Educação de Novo Horizonte, no estado de São Paulo. 

Para o secretário Municipal de Educação e vice-prefeito, Arthur Henrique Machado, a troca de experiência entre os profissionais locais e nacionais é importante para que professores acompanhem o que está acontecendo no mundo em inovações relacionadas à educação.

 “A proposta da jornada pedagógica é fazer com que eles [educadores] reflitam sobre novas práticas pedagógicas e que de fato coloquem em prática. São palestrantes que têm conhecimento de políticas públicas de educação, não só no Brasil, mas em todo mundo”, disse. 

Segundo o secretário, o objetivo esperado com a capacitação é melhorar a qualidade do ensino em vários aspectos. “A ideia é que possamos construir uma oficina, onde os próprios professores possam propor estratégias e novas políticas públicas na educação para melhorar, por exemplo, a alfabetização no primeiro ano, o reforço escolar daqueles que precisam, garantir a inclusão do aluno com necessidade especial de forma mais intensa”, concluiu. 

“A gente fica na expectativa de enriquecimento de saber. Isso nos motiva a iniciar o ano letivo com energia positiva, na busca de um conhecimento mais amplo para desenvolver atividades criativas em sala de aula e acolher os alunos, na busca sempre por melhorar a qualidade pedagógica”, disse a professora da Escola Municipal Juslany Flores, Selma Maria Cunha Portela.

Primeira Infância – Paralelo as atividades que acontecem na sala Roraimeira, o Teatro Escola está recebendo os cuidadores escolares nesta quarta, 22 e quinta, 23, de 8h às 18h30 para uma formação com o tema: A importância da Primeira Infância no desenvolvimento Humano: Protagonismo da criança no processo de ensino-aprendizagem. Participam do evento 640 cuidadores.