Boa Vista será a primeira cidade do norte do País a receber o projeto Orquestrando o Brasil, idealizado pelo maestro João Carlos Martins, que virá à capital neste sábado, 15, às 20h, para uma grande apresentação na Praça Fábio Marques Paracat. O repertório será conduzido através das orquestras do Instituto Boa Vista de Música, em parceria com a prefeitura e com a Fundação de Educação, Turismo, Esporte e Cultura (Fetec).

Ao todo, serão 170 músicos de Boa Vista que vão se apresentar sob a regência do maestro, que compõem os projetos do IBVM como Orquestra de Câmara, Orquestra Infantojuvenil, Banda Juvenil, além do Coral Infantil do IBVM e do Coral Cênico da Fetec.

Antes do evento, por volta das 11h, no Teatro Municipal de Boa Vista, o maestro vai se encontrar com regentes e coordenadores de projetos musicais locais para divulgar o projeto Orquestrando o Brasil, além de conhecer um pouco mais sobre o trabalho musical desenvolvido na capital.

Para o presidente do IBVM, maestro Francisco Carlos Felício, participar de um evento tão importante para o campo da arte musical brasileira é motivo de orgulho e eleva ainda mais a qualidade do trabalho desenvolvido em Boa Vista em parceria com a prefeitura e Fetec.

“Ficamos orgulhosos por estarmos participando de um evento dessa magnitude. Poder demonstrar o trabalho de música que é realizado aqui no extremo norte do Brasil pelas nossas crianças é muito gratificante. E poder participar de uma apresentação com um dos maiores pianistas do mundo é um momento ímpar de realização, estímulo, valorização e esperança de um mundo melhor por meio da música”, disse o maestro.

O Projeto – O Orquestrando o Brasil é um projeto de mobilização através da música idealizado pelo maestro João Carlos Martins e pelo produtor cultural José Roberto Walker. Criado em 2018 e desenvolvido com apoio da Fundação Banco do Brasil edo SESI/SP e FIESP, a iniciativa reúne mais de 500 grupos espalhados pelo país, oferecendo capacitação para regentes e músicos, divulgação e apoio.

Até o momento, o projeto já promoveu cerca de 30 encontros com regentes e coordenadores musicais nos estados de São Paulo, Paraná, Paraíba, Minas Gerais, Espírito Santo, Pernambuco e Rio de Janeiro e sete concertos com o maestro João Carlos Martins e grupos regionais.

“O Orquestrando o Brasil é o legado que pretendo deixar. Quero ajudar os milhares de grupos espalhados pelo país a evoluírem artisticamente, ampliando sua atuação e conquistando novos públicos. Queremos democratizar a música clássica no Brasil”, afirma João Carlos Martins.

O maestro – João Carlos Martins é pianista e maestro, reconhecido por ser um dos melhores pianistas do mundo. Considerado um dos maiores intérpretes de Johann Sebastian Bach, João Carlos Martins teve como um dos pontos altos de sua carreira a gravação da obra completa para teclado deste gênio da música. Devido a problemas físicos, teve que abandonar a carreira de pianista, canalizando sua paixão pela música por meio da regência. Porém, recentemente, voltou a tocar graças a uma luva biônica, um sistema tecnológico desenvolvido por um brasileiro.

IBVM – O instituto possui sete projetos sociais que atendem gratuitamente cerca de 800 crianças e adolescentes de Boa Vista. São eles: Orquestra de Violões, Banda Juvenil, Orquestra Sinfônica Infantojuvenil, Orquestra de Flauta Doce e Coral Infantil, Musicalização e Percussão.

Encontro com maestros e coordenadores musicais

Dia: 15 de fevereiro (sábado)

Horário: 11h30

Local: Teatro Municipal de Boa Vista (Evento exclusivo para regentes e coordenadores culturais, sendo necessário a confirmação de presença pelo e-mail: [email protected]  ou pelo celular (16) 9 9279.4155

Concerto Orquestrando o Brasil  

Dia: 15 de fevereiro (sábado)

Horário: 20h

Local: Praça Fábio Marques Paracat