Um “sextou” diferente em Boa Vista durante o isolamento social. Sem sair de casa, milhares de pessoas assistiram aos shows que abriram o Festival Boa Vista Live do Bem, promovido pela prefeitura da capital. Os grupos Climatizando e DK e Pagode Classe A animaram a noite desta sexta-feira, 24, com grandes sucessos do samba e do pagode.

Os dois shows foram transmitidos ao vivo direto do Teatro Municipal pelo canal oficial da Prefeitura de Boa Vista no Youtube e compartilhado em outras redes sociais.

O primeiro show ficou por conta do grupo Climatizando. Durante uma hora, os quatro integrantes tocaram sucessos de artistas atuais, como Dilsinho, e relembraram clássicos de grupos como Raça Negra. Depois foi a vez de DK e Pagode Classe A servir um repertório cheio de samba. A live teve a participação de um intérprete de libras.

O pessoal de casa interagiu, pediu música e foi atendido. “Parabéns PMBV. Iniciativa show”, disse Ingrid Mattos. “Massa demais, papai!”, comentou Franklin Souza Santos. “Todos ligados na live”, foi o recado do Fábio Alves Magalhães.

No intervalo das apresentações, a prefeita Teresa Surita apareceu em um vídeo em que reforçou o objetivo da iniciativa.

“Convidamos os artistas locais e preparamos este espaço com muito carinho, não deixando os músicos desamparados. Mas essa iniciativa tem um propósito maior que é de realizar uma campanha que visa arrecadar alimentos para as famílias que precisam neste momento. É possível arrecadar mais. Aqueles que puderem e quiserem, ajudem. E a todos que estão compartilhando canções, sentimentos e solidariedade, muito obrigada!”, agradeceu.

Os artistas que participam das lives se inscreveram por meio do edital aberto pela Fundação de Educação, Turismo, Esporte e Cultura (Fetec) para o credenciamento de 150 músicos e 50 artistas de outros seguimentos. Eles receberão cachês de R$ 1.000 a R$ 1.700. As inscrições ainda estão abertas e os interessados devem acessar o site www.boavista.rr.gov.br, na aba de editais, para participar das próximas lives.

“Agradecemos a prefeitura por essa oportunidade, é uma experiência diferente, o espaço está lindo e com certeza o Festival valoriza os artistas locais”, disse Tony Lopes, da Banda Climatizando.

“Nosso intuito é levar alegria para as famílias que estão em casa. Sigam todas as recomendações e fiquem em casa. Nosso segmento foi o primeiro a parar e será um dos últimos a retornar, mas logo estaremos juntos e misturados fazendo a alegria desse povo.  Vamos praticar a solidariedade e se pudermos, vamos ajudar a quem precisa”, acrescentou DK, vocalista do grupo DK e Pagode Classe A.

A apresentação não teve público presencial e contou com equipe técnica reduzida, seguindo todas as regras de higiene e distanciamento recomendadas pelo Ministério da Saúde.

Lives fazem parte da campanha de arrecadação de alimentos para famílias carentes

Durante a primeira live, empresários locais doaram mais de 1 tonelada de alimentos para a campanha solidária Boa Vista do Bem, que visa atender famílias carentes durante a pandemia da covid-19.

 Quem quiser e puder participar dessa corrente do bem pode fazer doações de alimentos e materiais de higiene e limpeza em dois pontos de coleta na cidade: Terminal Luiz Canuto Chaves, no Centro, e na praça Aderval da Rocha, no bairro Sílvio Botelho, no horário das 8h às 18h.