Há outras comissões na Casa Civil apurando irregularidades em contratos e sumiço de doumentos – Edinaldo Morais/Roraima em Tempo

Uma comissão foi criada na Casa Civil para apurar suposta destruição de arquivos digitais do governo de Roraima antes do anúncio da intervenção federal no Estado. Os documentos sumiram entre os meses de outubro – posterior às eleições de 2018 – e dezembro – mês em que o então presidente da República, Michel Temer (MDB), decretou intervenção.

O subsecretário da Casa Civil, João de Carvalho, sustenta que os arquivos estavam armazenados na rede de computadores interna do Palácio do Governo. Ou seja, apenas os funcionários do Senador Hélio Campos poderiam ter acesso aos arquivos digitais. Ele escreve que os indícios são de que os documentos “foram apagados ou corrompidos”.

Três pessoas foram designadas para investigar o caso. Elas têm dois meses para apresentar os resultados da sindicância. A Comissão foi criada no último dia 5 de junho.

Carvalho também escreveu que os membros poderão ouvir os servidores que trabalhavam na Casa Civil durante o período em que os arquivos foram comprometidos, “bem como solicitar informações de outros órgãos do governo e colher as informações necessárias à elucidação dos fatos”. A falta dos documentos pode ter comprometido o governo de transição.

“[É necessário] recuperar esses documentos e identificar as causas e os responsáveis pela guarda e possível exclusão, a fim de evitar danos à administração”, justifica o subsecretário da Casa Civil.

SEMELHANTE

Em fevereiro deste ano, o subsecretário designou outa comissão para apurar indícios de irregularidades em contratos firmados pela Casa Civil com empresas. O mesmo grupo investiga indícios de dano ao erário para responsabilizar os supostos envolvidos.

João de Carvalho, que respondia interinamente pela secretaria à época, formalizou outra comissão para apurar o sumiço de bens e documentos da Coordenadoria de Relações Públicas e Cerimonial. Três pessoas estão responsáveis por apurar os possíveis crimes.

Informações: Roraima em Tempo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here