Devolução do dinheiro gasto com a inscrição será feita pelos Correios. Processo de reembolso está previsto para ocorrer 30 dias após publicação do edital (Foto: Divulgação)

Foi publicado nessa quinta-feira (5) o edital com as regras para a devolução da taxa de inscrição do concurso da Polícia Civil de Roraima. O certamente foi cancelado em fevereiro desde ano pelo governador Antonio Denarium (PSL) e teve mais de 30 mil inscritos.

O edital é está disponível no site da Vunesp, empresa responsável pelo concurso e pela devolução da taxa. O dinheiro vai ser disponibilizado pela Vunesp por meio de vale postal eletrônico, um serviço oferecido pelos Correios.

Para ter o reembolso do dinheiro, o candidato deve comparecer em qualquer agência dos Correios munido de documento de identificação com foto e CPF (originais), a partir de 30 dias após a publicação do tal, e efetuar o saque do valor correspondente à inscrição.

O valor deve ser devolvido com correção monetária prevista no Índice de preços ao consumidor amplo do IBGE, desde novembro de 2018 e ficará disponível para saque no período de 180 dias, a contar do início da disponibilização.

Consta, ainda, no edital que a Secretaria de Estado da Gestão Estratégica e Administração (Segad) e a Delegacia Geral de Polícia Civil de Roraima devem operacionalizar a devolução da taxa.

Em caso de dúvida, os candidatos podem entrar em contato com a Vunesp, pelo Disque-Vunesp, no telefone (11) 3874-6300, em dias úteis das 8 às 18h, ou pelo e-mail [email protected], indicando no assunto: Devolução da taxa de inscrição – Concurso Polícia Civil de Roraima.

O concurso previa 330 vagas para delegado de classe substituta, médico legista, odontolegista, perito criminal, escrivão, agente de polícia, perito papiloscopista, auxiliar de perito criminal e auxiliar de necrópsia. O governou alegou falta de dinheiro diante da crise financeira ao cancelar o concurso.

Informações: G1 Roraima