A Universidade Federal de Roraima (UFRR) terá que buscar meios de continuar a funcionar com recursos reduzidos nos próximos meses. O bloqueio das verbas de custeio e investimento, anunciado pelo Ministério da Educação na quinta-feira (2), foi de R$ 22.111.731,00. A previsão orçamentária da UFRR para 2019, anterior ao bloqueio, era de R$ 61.346.674,00, uma redução de 36,04%, excluindo pagamento da folha de pessoal.

O bloqueio atinge, principalmente, recursos para pagamento de despesas, tais como, contratos de serviços continuados (limpeza, segurança, energia, água); bolsas estudantis (de Pesquisa e Pós-graduação, e de Extensão), capacitação de servidores; e investimentos (construções de obras e aquisições de equipamentos didáticos).

O corte veio após o novo ministro da Educação, Abraham Weintraub, iniciar um processo de redução de aportes financeiros às universidades federais. Começou por três: Universidade de Brasília (UnB), Universidade Federal Fluminense (UFF) e Universidade Federal da Bahia (UFBA).

Após críticas de que a Pasta estaria fazendo uma “guerra ideológica”, Weintraub estendeu o corte estimado em 30% pelo Ministério da Educação a todas as universidades federais. O ministro foi às redes sociais afirmar que um universitário custa em média R$ 30 mil contra R$ 3 mil de uma vaga em creche. Não explicou a origem da estatística.

No centro do debate está um contingenciamento de R$ 230 milhões que o MEC terá de fazer no orçamento. Inicialmente os recursos economizados seriam realocados para a educação básica.

REUNIÃO

Após o anúncio da redução drástica em seu orçamento, um grupo de trabalho irá se reunir na próxima semana, para definir estratégias a serem adotadas para minimizar os efeitos do bloqueio orçamentário e garantir a continuidade das atividades fins da UFRR: Ensino, Pesquisa e Extensão.

O Pró-reitor de Planejamento, Dirceu Medeiros, adiantou que, inicialmente, estão sendo tomadas medidas administrativas quanto aos contratos de prestação de serviço continuados que serão readequados; e haverá redução de concessão de diárias e passagens para eventos científico-acadêmicos, bem como para capacitação de servidores.

CONTINGENCIAMENTO

Haverá uma atualização acerca do planejamento de gastos na UFRR, em 2019, após reunião nesta segunda-feira (6).

Informações – Roraima em Tempo  -Foto Divulgação

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here