O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou na noite desta terça-feira (24) que o país confirmou mais sete casos de coronavírus. Com isso, o número de diagnósticos positivos sobe para 91. Ontem, eram 84 pessoas acometidas com a doença.

Segundo ele, os casos estão divididos da seguinte maneira: Miranda (39), Distrito Capital (14), La Guaira (9), Aragua (8), Lara (4), Barinas (3), Los Roques (3), Anzoátegui (2), Apure (2) Cojedes (1), Falcón (2), Guárico (1), Mérida (1), Monagas (1), Nueva Esparta (1) e Zulia (1).

Maduro agradeceu as religiões do país por intercederem em oração pelos pacientes. Disse ainda que do total de casos, 15 se recuperaram. “Outras 1,2 mil pessoas tiveram sintomas de enfermidades diversas. Estão em isolamento para receber atendimento médico”, garantiu.

Há uma semana a Venezuela entrou em quarentena social coletiva, para combater a propagação do vírus. Nesse período, Maduro afirmou que a curva de novos casos reduziu em 3%, graças ao isolamento das pessoas. Apenas funcionários de serviços essenciais podem transitar no país.

Na semana passada, o presidente anunciou um questionário no Sistema Pátria, que reúne informações que podem ajudar no controle da doença. De acordo com ele, mais de 13 milhões de venezuelanos já responderam as perguntas.

“Por meio da plataforma, soubemos que precisávamos visitar 34,8 mil pessoas que podiam estar com o vírus. Desse total, 27 mil já receberam visita médica das equipes que estão atuando de casa em casa”, explicou Maduro.

Por fim, declarou que os venezuelanos precisam cuidar uns dos outros, compreendendo a importância da quarentena social.

Informações: Roraima em Tempo – foto: Palácio Miraflores

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here