Mais de 300 pessoas estão participando da Conferência Municipal de Vigilância em Saúde

Começou nessa terça-feira (29), a 1ª Conferência Municipal de Vigilância em Saúde. A cerimônia de abertura aconteceu às 19h30 no Auditório das Faculdades Catedral, e contou com as presenças de representantes de vários segmentos ligados a saúde do município de Boa Vista. Ao final da conferencia serão apresentadas 56 propostas que apontam soluções e ideias na área de saúde para os municípios, estado e união.

 
Logo após a abertura o Superintendente municipal de saúde, Emerson Capistrano, proferiu uma palestra com o tema: Vigilância em Saúde: Direitos, Conquistas e Defesa de um SUS Público de qualidade. Que fez um apanhado de tudo que envolve o que é vigilância em saúde no Brasil. “O que é vigilância? Desde os primórdios da atuação da vigilância no país, desde a época que a gente aborda o inicio das ações epidemiológicas e vigilância sanitária no Brasil até a evolução nos tempos de hoje alertando e levando para o debate as conquistas e as dificuldades e o que a gente quer de política em saúde” explicou Capistrano.
 
Cerca de 300 pessoas estão participando desta 1ª conferência de vigilância que é realizada pelo Conselho Municipal de Saúde em parceria com a prefeitura Municipal de Boa Vista. O grande número de inscritos representa a importância do evento que tem o objetivo de aprimorar as ações dos setores de saúde, conforme destacou o presidente do conselho Ricardo Matos, “O número de inscritos me surpreendeu, nós estamos com a casa cheia as nossas inscrições foram preenchidas. Então vamos ter a capacidade de colocar em prática todo o conhecimento do usuário, gestor e do trabalhador em saúde”.
 
No final da conferência, que será amanhã quinta-feira, 80 delegados serão eleitos para Etapa estadual, nos dias 20 e 21 de outubro, onde vão apresentar as 56 propostas que estão sendo elaboradas nestes três dias de debates. Após passar pela conferência estadual as propostas vão ser apresentadas na Conferência Nacional a ser promovida de 21 a 24 de novembro, em Brasília.
 
O secretário municipal de saúde, Claudio Galvão, classificou como importante a realização da 1ª conferência para a saúde municipal. “Daqui sairão às propostas das equipes de vários eixos para a conferência nacional. Para nós que estamos na lida todos os dias é importante conhecer a opinião de todos, saber o que elas pensam e esperam, quais as perspectivas em relação aos trabalhos de desenvolvemos”, pontual Galvão.
 
Segundo dia
Hoje pela manhã foi realizada a leitura e aprovação do regulamento da conferência seguido da apresentação de discussão dos Painéis um dois e três. E nesta tarde os grupos de trabalhos serão definidos.
 
Foto: Andrezza Mariot

Veja também

Top