Aedes Aegypti: Estações disseminadoras de larvicidas são distribuídas em 9 bairros de Boa Vista

O combate ao mosquito Aedes Aegypti ganhou reforços em Boa Vista com a instalação de estações disseminadoras de larvicidas. Nesta segunda-feira (29), a prefeita Teresa Surita entregou três mil unidades de kits aos técnicos e agentes de combates às endemias da Prefeitura de Boa Vista. A ação acontece em parceria com a Fiocruz-AM.

 
Os nove bairros escolhidos para receber as primeiras estações disseminadoras foram, Asa Branca, Buritis, Caimbé, Cambará, Cinturão Verde, Liberdade, Pricumã, Jardim Primavera, Santa Tereza e Tancredo Neves, devido à grande concentração populacional, o número de imóveis e de casos das doenças provocados pelo mosquito.
 
O projeto é desenvolvido pela Fundação Osvaldo Cruz – Amazonas e tem apoio do Ministério da Saúde – MS e Organização Pan Americana de Saúde – OPAS. Boa Vista é a primeira capital a implantar esta estratégia de combate ao mosquito, que tem eficácia comprovada. A ação representa uma nova estratégia de combate ao aedes aegypti, deve acontecer em todo o país.
 
De acordo com a prefeita Teresa Surita, esta técnica não resolve todos os problemas, a ajuda da população é imprescindível. “Estamos fazendo a distribuição de 3.000 estações disseminadoras, mas é necessário que a população continue nos ajudando, limpando os seus quintais e acabando com os focos do mosquito, principalmente nesta época de chuva e sol, que é a preferida dos mosquitos para se reproduzirem. A meta é estender para toda a capital.”, destacou.
 
Segundo Emerson Capistrano, superintendente de vigilância em saúde, este é um projeto inovador e deve melhorar significativamente o trabalho dos agentes de combate às endemias. “A instalação das estações disseminadoras auxiliarão na mobilidade dos agentes e em suas estratégias de trabalho”, ressaltou.
 

Estações disseminadoras de larvicidas são distribuídas em 9 bairros de Boa Vista. | Foto: Implatação de unidades disseminad ... ue Foto Jackson Souza

Estações disseminadoras de larvicidas são distribuídas em 9 bairros de Boa Vista. | Foto: Implatação de unidades disseminad … ue Foto Jackson Souza


 
Estações disseminadoras
As unidades disseminadoras funcionam como uma armadilha com inseticida. Quando a fêmea do aedes aegypti passa por elas, fica impregnada com a substância e a leva até o criadouro disseminando a ação inseticida. Assim, eliminam-se as larvas até mesmo em focos não identificados pela população e pelos agentes de saúde.
 
Foto Jackson Souza

Veja também

Top