Maio Amarelo: Alunos do Colégio Claretiano recebem orientações de trânsito

As programações da campanha Maio Amarelo seguem pela cidade, levando informações necessárias para a construção de um trânsito mais seguro. E nesta segunda-feira (15), os agentes da Superintendência Municipal de Trânsito (Smtran) estiveram no Colégio Claretiano para uma palestra em que foram abordados diversos temas com alunos de dez a 14 anos.

 
Os agentes de trânsito, com apoio da Polícia Rodoviária Federal, mostram aos alunos sobre os perigos de andar em automóveis sem o uso do cinto de segurança, além do risco que é dirigir falando ao celular. Também foi tema da palestra a importância de sempre atravessar na faixa de pedestres.
 
De acordo com o diretor do Departamento de Educação para o Trânsito (Depet), Ney Brito, a abordagem desses e outros temas tiveram como objetivo a construção de futuros condutores conscientes, além de contribuir com uma maior conscientização no âmbito familiar.
 
“A Smtran atua o ano inteiro nesse trabalho de conscientização, principalmente nas escolas, sejam públicas ou privadas, para que no futuro tenhamos índices mínimos de acidentes de trânsito, uma vez que o número de condutores prudentes, que respeitem as leis, seja bem maior”.
 

Maio Amarelo: Alunos do Colégio Claretiano recebem orientações de trânsito. | Foto: Eduardo Andrade

Maio Amarelo: Alunos do Colégio Claretiano recebem orientações de trânsito. | Foto: Eduardo Andrade


 
Segundo a diretora do colégio, Adriana Wenderlich, com esta conscientização, as crianças passam a atuar como pequenos agentes de trânsito em suas famílias, fiscalizando se os pais estão observando e cumprindo adequadamente as leis de trânsito. Inclusive, a escola já iniciou um trabalho, com apoio de outros órgãos como a Smtran, para que ações educativas desta natureza sejam mais freqüentes.
 
Maio Amarelo: Alunos do Colégio Claretiano recebem orientações de trânsito. | Foto: Eduardo Andrade

Maio Amarelo: Alunos do Colégio Claretiano recebem orientações de trânsito. | Foto: Eduardo Andrade

“As crianças são muito observadoras. Quando elas recebem uma informação, como as que são repassadas nas palestras, elas ficam mais atentas ao mundo à sua volta. E quando se deparam com o pai ou a mãe descumprindo a legislação, como avançar o sinal vermelho ou não usar o cinto de segurança, elas tratam de notificá-los disso. Por isso que acredito na conscientização desde cedo, pois isso produz uma grande mudança no nosso mundo”.
 
Campanha Maio Amarelo
Com o tema “Minha escolha faz a diferença”, a campanha Maio Amarelo busca conscientizar, fiscalizar e trabalhar na sociedade o cumprimento das leis de trânsito. E para isso, durante todo o mês serão abordadas questões importantes para um trânsito seguro, destacando o uso de celulares, o excesso de velocidade e o consumo de bebidas alcoólicas, aliados à direção.
 
Em 2016 cerca de cinco mil condutores foram autuados por conduzirem automóveis sem uso de cinto de segurança e 800 foram autuados por conduzirem veículos falando ao celular ou usando fones de ouvido. No entanto, desde 2013, a Prefeitura de Boa Vista, por meio da Smtran, vem intensificando as campanhas educativas na capital.
 
No primeiro trimestre de 2017 houve redução de 25% nas mortes ocorridas na capital, em comparação ao mesmo período do ano de 2016. Além disso, também foi registrada redução de 20% nas mortes de motociclistas. A frota de veículos em circulação em Boa Vista é de mais de 170.000, 46% é de moto.
 
Foto: Eduardo Andrade

Veja também

Top