Mujica diz que narcotráfico é pior do que a maconha

O ex-presidente do Uruguai e atual senador José Mujica defendeu hoje (27), no Rio de Janeiro, que a descriminalização das drogas é o melhor combate ao narcotráfico. O tema está em pauta no Supremo Tribunal Federal (STF).

“Iniciamos essa experiência no Uruguai e não sabemos no que vai dar, mas o que estava sendo feito não dava resultados. O narcotráfico é pior do que a droga. O que queremos é regularizar o consumo, assegurar que o consumidor possa comprar uma dose sem ter que recorrer ao narcotráfico”, disse o senador.

Durante seu mandato, de 2010 a 2015, o Uruguai aprovou a descriminalização da maconha, o casamento homoafetivo e a legalização do aborto.

Mujica não quis comentar a crise política no Brasil, mas afirmou que o país “tem força suficiente para superar as dificuldades. O problema é que vocês só veem derrotismo e acham que nada serve. Se teve gente que se equivocou, deve ser punida, mas vocês têm que seguir em frente”.

A simplicidade do ex-presidente, que vive sem luxos, é uma das suas características. Para ele, os políticos devem viver como a maioria do povo e não como uma minoria privilegiada. “Se você se acostuma a comer na mesa dos ricos, pensará que é rico. Não há homem grande, há causa grande”, completou Mujica.

O ex-presidente uruguaio participa hoje à noite de um encontro com estudantes na Universidade Estadual do Rio de Janeiro.

Via: Agência Brasil | Foto: José Cruz/Agência Brasil

Veja também

Top