Prefeita Teresa decreta obrigatório uso de máscaras e confirma reabertura do comércio

325

A prefeita de Boa Vista, Teresa Surita, anunciou nesta quarta-feira, 15, novas medidas de combate ao coronavírus em Boa Vista. Uma delas é o novo decreto que torna obrigatório o uso das máscaras em espaços públicos, privados e comerciais, com multa para em caso de descumprimento. Na ocasião, também foram apresentados os indicadores que tornaram possíveis a reabertura do comércio marcado para esta segunda-feira, 20.

O decreto estabelece as consequências da não utilização de máscaras durante o período de enfrentamento da doença. Para quem não se atentar para a nova medida, a multa será no valor de R$ 50. A fiscalização das condutas e aplicação das multas ficarão a cargo da Guarda Civil Municipal e começam a valer a partir desta segunda-feira.

No ato, serão exigidos a documentação pessoal do infrator. A multa ficará vinculada ao CPF do cidadão, com um procedimento para emissão e prazos para defesa. Os valores vão para as contas do tesouro Municipal e serão usados nas ações de combate à pandemia.

“Vamos distribuir mais 35 mil máscaras para que todos possam ter acesso e ter como usar sem passar pela situação de uma multa. Vamos anunciar os pontos de distribuição, mas já começam também na segunda-feira”, disse a prefeita Teresa Surita.

Prefeita Teresa: “Vamos distribuir mais 35 mil máscaras para que todos possam ter acesso e ter como usar sem passar pela situação de uma multa”

Plano de retomada econômica em Boa Vista

Outro tema discutido na coletiva foi o início do Plano de Retomada da Atividade Econômica de Forma Gradual em Boa Vista, que deve acontecer em três etapas consecutivas. A primeira fase da reabertura começa a vigorar a partir do dia 20 deste mês, e incluiu diversos estabelecimentos comerciais, além dos templos religiosos. Todos devem atender as recomendações de segurança sanitária.

A reabertura do comércio é possível graças à queda da curva de infestação na capital, onde se considera os indicadores da saúde em estado moderado. Roraima registrou, nos últimos dias, redução de 60% no número de óbitos. Após um estudo feito pelo município, levando em consideração a semana 25 (14/06 a 20/06) até a semana 27 (28/06 a 04/07) houve uma redução de 52,9% no número de novos casos de covid-19.

“Hoje estamos dando mais um passo baseado na diminuição de casos e de óbitos e na garantia de leitos. Vamos retomar o comércio em três etapas e vamos também acompanhar os indicadores semanalmente. Qualquer dado que possa colocar em risco a vida das pessoas, vamos dar um passo atrás”, declarou a prefeita.

Cada segmento terá protocolos de funcionamento adequados à sua atividade, garantindo a segurança de colaboradores, clientes ou visitantes. Entre eles, o respeito ao distanciamento, uso de equipamentos de proteção, limpeza dos ambientes e equipamentos, atenção especial com grupos de risco e o controle da lotação dos ambientes, conforme as Instruções Normativas da Vigilância Sanitária e demais regulamentações.

Já a população deve continuar seguindo as recomendações sanitárias, como evitar as aglomerações, usar álcool em gel e, principalmente, as máscaras, como forma de evitar o contágio enquanto a pandemia persistir.

Conheça as três fases do plano
1ª ETAPA – A partir do 1º dia2ª ETAPA – A partir do 16º dia3ª ETAPA –A partir do 31º dia
*Comércio varejista; Atividades de serviços em geral;*Clínicas e consultórios médicos/odontológicos; *Shoppings, centros comerciais e galerias;*Bares, restaurantes e demais estabelecimentos de alimentação por meio de entrega em domicílio, pronta entrega em veículos (delivery) e retirada do produto no local (drive-trhu),*Igrejas e outros templos religiosos;*Personal trainers, academias e outros;*espaços públicos;*bares, restaurantes e estabelecimentos com atendimento presencial restrito, excluindo serviços de self-service (suspensos até o fim da pandemia);*Espaços de eventos e festas; cinemas, teatros e auditórios