Abel Galinha é mais um apoiador de Sheridan a ser alvo de operação da PF

Policiais federais cumprem quatro mandados de busca e apreensão em Boa Vista, na manhã de hoje, 16, expedidos pela 4ª Vara Federal de Roraima. A ação faz parte da segunda fase da operação Godfather, deflagrada em 19 de dezembro de 2019, que desarticulou um grupo criminoso que atuaria em fraudes em licitações e desvios de recursos públicos da Saúde em Roraima.

O inquérito policial aponta para fraudes envolvendo mais de 14 milhões em contratos da Secretaria de Saúde de Roraima, nos períodos entre agosto de 2017 e abril de 2019. Uma equipe de policiais está na casa do empresário e ex-deputado federal Abel Galinha, um dos principais articuladores da campanha de Sheridan à Prefeitura de Boa Vista.

De acordo com a PF, as investigações indicam que um ex-parlamentar exerceria ingerências na Secretaria, tanto durante quanto após seu mandato, condicionando pagamentos que deveriam ser feitos pelo órgão à empresa do esquema ao recebimento de propinas. Também é alvo das medidas um Procurador do Estado, que receberia valores do esquema.

As investigações indicaram propinas seriam distribuídas para viabilizar os pagamentos de faturas, permitir a renovação de contratos e garantir o atesto fraudulento de recebimento de refeições destinadas aos hospitais da rede pública.

GODFATHER – O nome da operação faz alusão ao sobrenome do principal personagem do filme “O Poderoso Chefão”, o qual é coincidente com o nome da principal empresa investigada.

Informações: Folha de Boa Vista – Foto: