Carro é roubado em Boa Vista e proprietária oferece recompensa de R$ 10 mil para quem localizar

Carro é roubado em Boa Vista e proprietária oferece recompensa de R$ 10 mil para quem localizar
Foto: Arquivo pessoal

Um carro modelo Hilux de cor prata, foi roubado na rua Sardinha, no bairro Santa Tereza, em Boa Vista e a proprietária pediu ajuda para localiza-lo. Ela está oferecendo recompensa de R$ 10 mil para quem conseguir localizar o veículo.

A mulher registrou um Boletim de Ocorrência sobre o caso na Delegacia da Polícia Civil de Roraima (PCRR). De acordo com a vítima, o roubo aconteceu no último dia 21, por volta das 23h. Ela estava próximo à uma escola do bairro e voltava para o carro quando de repente recebeu a abordagem de três suspeitos.

“Quando eu estava próximo do carro um dos suspeitos me abordou por trás e disse: ‘assalto! passe a chave do carro!’ Com isso, eu cai, ele pegou a chave e outros dois compassas entraram no carro e foram embora”, explicou a mulher.

À reportagem, a mulher disse que não se recorda se os suspeitos estavam armados. No entanto, com a abordagem agressiva e com a queda, ela acabou se machucando e estava com hematomas nos braços.

Dessa forma, a mulher pede ajuda para quem tiver informações sobre veículos, entre em contato por meio do número (95) 98112-1386.

Número de roubos e furtos de carros no país

Cerca de 40 veículos eram roubados no Brasil a cada uma hora em 2023. Os dados são do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (Sinesp), analisados pelo R7.

Nos quatro primeiros meses de 2024, houve uma queda de 32% nas ocorrências desse tipo de crime no país. A comparação ocorre com o período do ano passado. Contudo, apesar da redução, os números ainda são elevados.

Dessa forma, no período de quatro meses, as delegacias de todo o país registraram 82 mil e 200 ocorrências. O número corresponde a cerca de 679 furtos ou roubos por dia.

Roraima

O delegado da Polícia Civil de Roraima (PCRR), Rodrigo Gomides, responsável pela Delegacia de Repressão de Roubos e Furtos de Veículos, já havia destacado o aumento nas ocorrências, principalmente envolvendo caminhonetes.

“Até pouco tempo atrás a PCRR tinha mais notícias de denúncias de furto de motocicletas. Normalmente levavam as motos para vender na Guiana Inglesa ou para trocar por droga. Nos últimos tempos percebemos que aumentou muito número de roubos de veículos, motos e principalmente caminhonetes. Os ladrões estão entrando nas residências e levando os veículos para outros países”, informou.

Fonte: Da Redação