Romero Jucá destaca conquistas e desenvolvimento de Boa Vista no aniversário de 134 anos do município: ‘uma das melhores cidades do Brasil para morar’

Romero Jucá destaca conquistas e desenvolvimento de Boa Vista no aniversário de 134 anos do município: ‘uma das melhores cidades do Brasil para morar’
Romero Jucá – Foto: Guilherme Moraes

A capital de Roraima, Boa Vista, foi construída a muitas mãos. Neste dia 9 de julho, aniversário da cidade, o jornalista Romano dos Anjos entrevistou figuras que fazem parte da história da cidade durante o programa Rádio Verdade, da 93 FM. Entre eles, o presidente regional do MDB, Romero Jucá, que destacou o trabalho da sigla na construção do município.

“Nós conseguimos, com muito trabalho, transformar Boa Vista em uma das melhores cidades do Brasil para morar. E a melhor capital do Norte para se viver também”, ressaltou Jucá.

Durante seu mandato como governador de Roraima, Romero Jucá investiu, por exemplo, na construção do Hospital Geral de Roraima (HGR) e na implantação e funcionamento da Universidade Federal de Roraima (UFRR). A unidade de saúde e a de ensino superior estão localizadas na capital Boa Vista.

Na entrevista, ele também listou alguns feitos do MDB ao longo dos anos que beneficiam os moradores do município, como a construção de um dos cartões postais de Boa Vista: o Parque do Rio Branco.

“A gente trouxe obras marcantes, né? A construção e ampliação do hospital infantil, a Vila Olímpica, o Ayrton Senna, todos os parques que nós fizemos, o Parque do Rio Branco, que é um exemplo de como se cuida das pessoas, melhorando a qualidade de vida da população como um todo. É uma história de muito trabalho, de muita dedicação e que eu tenho muito orgulho de ter participado”, disse.

Teresa Surita

Romero Jucá também citou o trabalho da ex-prefeita Teresa Surita, que comandou o Palácio 9 de Julho por cinco mandatos.

Ela também concedeu entrevista na tarde de hoje ao jornalista Romano dos Anjos. A ex-prefeita falou sobre o legado deixado por meio de seu trabalho na capital.

“Costumo dizer que eu me confundo com Boa Vista e Boa Vista se confunde comigo. O filme sobre ela me passa o tempo inteiro. Quando saio na rua, sempre a olho com aquela visão ainda de prefeita que de posso fazer algo”, salientou.

Fonte: Da Redação