Início Site

Professor reclama da falta de vagas para Filosofia em certame do Estado

Em vídeo divulgado nas redes sociais, docente protestou contra edital da Secretária de Educação

Revoltado com a falta de vagas para professor de filosofia para o município de Rorainópolis, Sul de Roraima, no concurso da Secretária de Educação e Desporto (SEED), o docente Sebastião Silva resolveu utilizar as redes sociais para protestar contra o Governo do Estado.

Em um vídeo amplamente compartilhado neste final de semana, o educador reclamou da ausência de vagas para profissionais formados na área no edital para professor da rede estadual de ensino daquele município.

“Foram ofertadas vagas para quase todas as disciplinas, menos para filosofia. Qual critério que foi utilizado pelo senhor governador e pela senhora secretária de educação a não ofertar a vaga?”, questionou Silva.

Segundo Silva, a não oferta de vagas para uma área importante como a filosofia desrespeita a Constituição, tendo em vista que é dever do Estado ofertar a educação e formar o cidadão para o exercício da cidadania e para o mercado de trabalho.

“O convênio do estado de Roraima ele já formou esse profissional para trabalhar. Eu sou da primeira turma de filosofia aqui de Rorainópolis, na mesma época foi aberto uma segunda turma em Boa Vista. Já tem o profissional formado, já tem a mão de obra então porque não o senhor ofertar a vaga para o município?”, indagou.

Além de perguntar os critérios utilizados pelo Governo para a não oferta da vaga, o docente tenta ainda sensibilizar a secretária e o governador quanto a importância da filosofia para os estudantes.

“A filosofia ela é essencial na formação do ser humano, a filosofia vai tentar formar um ser humano humanizado, ajudar o ser humano a pensar de forma lógica, racional e de organizada. A filosofia é essencial em todos os campos do conhecimento”, completou.

O Edital

O edital da Secretaria de Educação foi publicado no dia 30 de junho, no site do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), responsável pela gestão do certame. O último concurso para professor no estado foi realizado em 2007, há 14 anos.

Ao todo, são ofertadas 650 vagas em diversas áreas de ensino tanto para a capital, quanto para o interior. Destas, 566 são para ampla concorrência e 84 para pessoas com deficiência (PCD).

Para a área de filosofia, são ofertadas 15 vagas para os municípios de Amajari, Boa Vista, Bonfim, Cantá e Mucajaí.

Além de Filosofia, as vagas do certame são para as áreas de Artes, Ciências Biológicas, Educação Física, Física, Geografia, História, Língua Espanhola, Língua Inglesa, Língua Portuguesa, Matemática, além de Química e Sociologia.

As inscrições do concurso estão abertas e podem ser feitas até o dia 16 de agosto.

Citada

Em nota, a SEED informou que o quadro de vagas constante do Edital 001/2021, referente ao concurso público para contratação de professor da Educação Básica, foi elaborado no exercício de 2019, com base nas necessidades da época.

“No entanto, as necessidades que forem surgindo em razão de vacância de cargos, serão preenchidas com cadastro de reserva”, completou

A pasta salienta ainda que o certame terá validade de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período.

Informações: Roraima em Tempo

Aírton Cascavel está enrolado até o pescoço em investigação da PF por usurpação de função pública

A CPI da Covid recebeu novos documentos da Procuradoria da República no Distrito Federal para aprofundar as investigações sobre a atuação informal Cascavel, em ações de alto escalão no Ministério da Saúde

Seduzido pelo general Eduardo Pazuello a prestar assessoria informal no Ministério da Saúde, Airton Cascavel deslumbrou-se e passou a firmar contratos, atender demandas oficiais, estabelecer relacionamento com os estados e até negociar compra de vacinas sem a devida competência.

Sem vinculo empregatício, Cascavel atuou de maneira informal em ações da pandemia pelo menos entre maio e junho, quando o vínculo informal veio à tona, após o caso ser denunciado pela imprensa, ai as ações de Cascavel entraram no radar do Ministério Público Federal (MPF) que determinou que a Polícia Federal investigue seus atos enquanto “servidor” do Ministério.

Na manha desta segunda (26) o café da manhã de Cascavel deve ter sido amargo. Ele ocupou pelo menos meia hora do jornalístico Globo News, da Rede Globo, onde sua proeza na assessoria camarada do atrapalhado Pazuello foi absolutamente escarafunchada.

Também hoje (26) a CPI da Covid recebeu novos documentos da Procuradoria da República no Distrito Federal para aprofundar as investigações sobre a atuação informal Cascavel, em ações de alto escalão no Ministério da Saúde.

Pazuello assumiu interinamente o ministério da Saúde no fim de maio, após Nelson Teich deixar o cargo por divergências com o presidente Jair Bolsonaro na condução da pandemia.

Segundo as apurações, foi justamente nesse período, que há registros das ações de Cascavel – que é qualificado na investigação como empresário – em competências exclusivas de gestores públicos, como agendas públicas de Pazuello sobre respiradores e ações com prefeitos e secretários estaduais de saúde.

A partir desse momento o Ministério da Saúde o nomeou assessor especial de Pazuello, cargo que ocupou formalmente de 24 de junho de 2020 a 21 de março deste ano, quando foi exonerado.

Em março de 2021, Soligo anunciou que 14 milhões de doses da vacina da Pfizer contra a Covid-19 deveriam chegar ao país em maio e junho. Posteriormente, o empresário assumiu o cargo público de secretario de saúde de Roraima, e deixou o posto na semana passada.

A Procuradoria da República no Distrito Federal aponta que prints mostram fotos e referências a Airton Cascavel como o “número 02 do ministério da saúde”. A apuração preliminar é sobre suspeita de usurpação de função pública, ou seja , atuar como um gestor público sem ter vínculo formal. O crime é previsto no artigo 328 do Código Penal.

O procurador Wellington Divino Marques de Oliveira determinou o “envio de ofício à Polícia Federal, solicitando a instauração de inquérito policial para investigar a conduta ora descrita”.

Cronologia e investigações

O primeiro pedido de apuração da suspeita de usurpação de função pública por parte do empresário Airton Soligo partiu da deputada federal Gleisi Hoffmann (PT-PR).

Em junho de 2020, Gleisi enviou para a Procuradoria-Geral da República informações e prints de agendas publicas do empresário com Pazuello em um período em que ele não tinha vínculo formal com o ministério. O caso foi encaminhado a Procuradoria da República no Distrito Federal.

Em novembro, a procuradoria pediu abertura de inquérito à PF. A Globonews confirmou que a Polícia Federal abriu a investigação sobre suspeita de usurpação da função pública no dia 29 de dezembro de 2020. Ainda não há informações sobre as diligências já feitas nesse inquérito, que corre em sigilo.

Em junho, a Procuradoria da República no DF abriu uma apuração preliminar (que pode caminhar como uma segunda apuração ou ser anexada à primeira) sobre o mesmo assunto . No dia 8 de julho, o procurador Wellington Marques pediu a PF abertura de inquérito no prazo máximo de 90 dias. Esse pedido está na PF e também foi compartilhado com a CPI da Covid na semana passada.

Pazuello

O pedido de investigação sobre o Cascavel não inclui Pazuello, pois se trata da suspeita de usurpação de função pública, ou seja, da ocupação de um cargo de maneira informal. No entanto, o ex-ministro está sendo investigado na Procuradoria da República no DF por improbidade administrativa.

O MPF-DF propôs no fim de junho uma ação de improbidade à Justiça Federal para investigar Pazuello. Procuradores que assinam a ação afirmaram que o ex-ministro fez ação “imoral e antiética” na pandemia.

Ao todo, oito procuradores ingressaram com a ação. Eles concluíram que “as condutas são, em verdade, dolosas, uma vez que, como se narrou na descrição dos fatos, as atitudes adotadas pelo chefe da pasta da Saúde o foram não com apoio em critérios técnicos, estudos científicos e necessidades prementes da população (que exigiriam diligência no planejamento para aquisição e distribuição de vacinas, kits de testes etc), mas, ao contrário, com base na aceitação acrítica (e injustificável) de orientações não técnicas e não-científicas de setores internos e externos ao governo federal”.

Pazuello responderá por danos causados ao patrimônio público e violação aos princípios da Administração. A ação aponta quase R$122 milhões de dano ao erário. O MPF requer ressarcimento integral do prejuízo, pagamento de multa de até duas vezes o valor do dano, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos de cinco a oito anos e proibição de contratar com o poder público.

Informações: Globo News

Covid-19 – Prefeitura começa a imunizar pessoas a partir de 18 anos nesta segunda-feira, 26, em Boa Vista

Para atender essa faixa etária, serão disponibilizados novos pontos itinerantes

A Prefeitura de Boa Vista começa a imunizar contra a covid-19, nesta segunda-feira, 26, as pessoas a partir de 18 anos de idade que fazem parte do grupo da população em geral, sem comorbidades. Para essa nova faixa etária, serão disponibilizados novos pontos itinerantes de vacinação, além dos cinco pontos fixos drive-thru, que vão funcionar durante a semana, das 8h30 às 17h, em locais e datas diferenciadas.

A vacinação contra a covid-19 vem sendo executada pelo município de acordo com o repasse de doses para cada faixa etária e grupo prioritário, escalonado no Plano Nacional de Operacionalização da vacina (PNO) do Ministério da Saúde.

Nesta semana, os atendimentos começam com quatro pontos itinerantes, segundo cronograma abaixo. Na próxima, serão disponibilizados mais cinco para que seja imunizada o maior número possível de pessoas.

Outros grupos – A prefeitura está convocando aqueles que fazem parte dos grupos anteriores, que ainda não tomaram a primeira dose da vacina, que procurem um dos pontos de vacinação. Reforça que para controlar a pandemia, é necessário que a população esteja vacinada com o esquema completo.

E também aqueles que ainda não conseguiram tomar a 2ª dose por algum motivo, devem se atentar à data no cartão de vacina e procurar um dos pontos de vacinação. Mesmo quem perdeu o prazo pode completar o esquema vacinal, para assegurar a proteção adequada contra a doença.

Além disso, mesmo com o esquema vacinal completo, a prefeitura alerta para continuidade dos cuidados necessários, como utilização de máscara, higienização das mãos com álcool em gel e distanciamento social.

Documentação necessária – Para a vacinação, é necessário apresentar documento de identidade original com foto, cartão de vacina, cartão do SUS ou CPF e o comprovante de residência (original e cópia). A cópia ficará retida para registro da vacina.

Locais de vacinação – Segunda-feira a sábado, das 8h30 às 17h:

·Terminal de Ônibus Luiz Canuto Chaves – Centro

·Quadra do CRAS – Parque Germano Sampaio – Pintolândia

·Quadra Poliesportiva Edécio Marques de Sousa – Praça Cidade Satélite

·Centro Universitário Estácio da Amazônia – União

·Roraima Garden Shopping – Caçari

Locais de vacinação Itinerantes – Segunda a sexta-feira, das 8h30 às 17h:

DATAPONTO DE VACINAÇÃOENDEREÇO – BAIRRO
26 e 27.07.21Escola Municipal Menino Jesus – Educação Infantil  Escola Municipal Silvio LeiteRua Lindolfo Bernardo Coutinho, 330 – Asa Branca  Rua Wolter Forte Castelo Branco, 651 – Dr. Silvio Leite
28, 29 e 30.07.21Escola Municipal Waldinete de Carvalho Chaves  Escola Municipal Zacarias Assunção Ribeiro Araújo – Educação InfantilR. Delman Veras, 342 – Silvio Botelho  Rua Rio Verde, 164-168 – Bela Vista

OBS: Os demais pontos serão divulgados na próxima semana, nos canais de comunicação da PMBV.

Governo anuncia Leocádio Vasconcelos como 9º secretário da Saúde

Novo secretário disse que o desafio é intensificar o trabalho da equipe no combate à pandemia da Covid-19 (Foto: Arquivo Pessoal)

Leocádio Vasconcelos é o novo secretário da Saúde. O anúncio foi feito pelo governador Antonio Denarium (sem partido) hoje (23). Ele assume o lugar de Airton Cascavel.

Segundo o novo secretário, o desafio é intensificar o trabalho da equipe no combate à pandemia da Covid-19.

“Eu quero dizer a todos que eu vou me esforçar, todos os dias, para tentar levar uma melhora à saúde do povo roraimense. Não vai faltar dedicação, trabalho, e que Deus abençoe todos nós”, disse.

O contador e bacharel em direito assume em meio às denúncias de falta de medicamentos, materiais e profissionais.

Além disso, precisa de estratégias junto às prefeituras para diminuir a circulação do vírus, bem como a taxa de mortalidade da Covid-19.

Gestores

Leocádio é o nono gestor em apenas dois anos e meio. Anteriormente, estiveram na Pasta: Airton Wanderley, Élcio Franco, Cecília Lorenzom, Allan Garcês, Francisco Monteiro, Olivan Junior, Marcelo Lopes, e Airton Cascavel.

Denarium disse que tem pressa em bons resultados e, por isso, não teve posse oficial. Leocádio assume a partir de hoje para “buscar uma saúde qualidade que é o que a nossa população merece”, falou o governador.

Até agora, Vasconcelos estava como o segundo na Secretaria de Administração, mas em gestões passadas já esteve à frente da Saúde por duas vezes.

Secretaria

A Secretaria de Saúde é alvo de investigações, sobretudo, por suspeita de contratos ilegais para desviar dinheiro público.

No ano passado, a Polícia Federal fez as Operações Vírion e Desvid-19, que apuram lavagem de dinheiro de R$ 20 milhões.

A polícia fala que as fraudes começaram em 2019, já na gestão de Denarium. Chico Rodrigues (DEM), Mecias de Jesus (Republicanos) e Telmário Mota (Pros) fazem parte dos esquemas, de acordo com a PF.

Depois que os esquemas se tornaram públicos, o governador decretou uma intervenção na Saúde, mas, os problemas não acabaram.

Histórico

Pelo tempo em que esteve no governo, Leocádio foi processado em 2013 pelo Ministério Público de Contas (MPC), quando esteve na Saúde. A suspeita era de irregularidades na compra de materiais hospitalares.

O órgão disse que a compra foi feita sem processo licitatório, e a montagem e alteração das planilhas de preços era para beneficiar empresas.

Em seguida, o Tribunal de Contas mandou bloquear os bens de Vasconcelos. A suspeita era que as compras tivessem causado rombo aos cofres públicos de R$ 11 milhões. Contudo, ele negou.

Em seguida, em 2014, o gestor foi alvo de uma denúncia do Ministério Público Federal (MPF), por conceder licenças para ocupação de glebas, desobedecendo uma decisão judicial.

Já no ano de 2018, ele foi condenado pela Justiça Federal por favorecimento de empresas, durante licitação na Saúde. Ele também rebateu as acusações.

Informações: Roraima em Tempo

Telmário Mota sofre segunda derrota em processo contra prefeita de Mucajaí

Telmário quer proibir prefeita de publicar vídeo com críticas a ele (Foto: Agência Senado)

O senador Telmário Mota (PROS) sofreu mais uma derrota no processo judicial que abriu contra a prefeita de Mucajaí, Eronildes Gonçalves (PL), a Dona Nega.

O juiz Antônio Martins rejeitou seu segundo pedido para que a Justiça proíba a prefeita de publicar o vídeo em que ela o desmente sobre ele ter enviado verbas para Mucajaí.

“… o limite entre a liberdade de expressão e a proteção à honra é bastante tênue, como se sabe, não se podendo, numa análise perfunctória, considerar que o vídeo em comento tenha cunho ofensivo e, assim, desde logo, proibir a sua divulgação, ainda mais quando ambas as partes são políticos conhecidos no estado e detentores de mandato eletivo, sujeitos, portanto, a críticas e contestações públicas”, diz a decisão.

O magistrado Phillip Barbieux Sampaio já havia negado o pedido no dia 8 deste mês. Telmário então recorreu, mas o magistrado Antônio Martins seguiu a decisão inicial.

O vídeo

No vídeo, a prefeita afirma que o senador mentiu ao dizer que mandou recursos para o enfrentamento à pandemia ao município.

Dona Nega diz ainda que Telmário costuma agredir pessoas, principalmente mulheres se referindo ao processo que ele responde por violência doméstica. Por fim, a prefeita declara “me respeite!”.

Declarações

Telmário Mota é conhecido por declarações ácidas contra adversários e instituições, como Ministério Público do Estado de Roraima (MPRR), bem como Tribunal de Justiça.

O político até já teve processo aberto no Conselho de Ética do Senado por suspeita de quebra de decoro.

Ele já afirmou que nos órgãos públicos há parte podre, depois de o Roraima em Tempo revelar que ele havia se tornado réu por violência contra a mulher. Os promotores do MP repudiaram.

O parlamentar já ofendeu o general Eduardo Pazuello, em setembro de 2019, quando o chamou de “general de merda”. Ele foi repudiado mais uma vez.

Mota também tentou suspender matérias jornalísticas sobre um evento com aglomeração em Rorainópolis promovido por ele. A Justiça também negou.

Informações: Roraima em Tempo

Prefeitura divulga resultado preliminar do processo seletivo da Saúde

Ao todo, 115 vagas foram disponibilizadas para o certame

A prefeitura divulgou nesta quinta-feira, 22, no Diário Oficial do Município o resultado preliminar das inscrições do processo seletivo simplificado para profissionais de saúde que devem atender a necessidade temporária excepcional da rede municipal neste período de pandemia.

Ao todo o certame contou com 55 inscrições, sendo 2 médicos anestesiologistas, 1 médico citopatologista, 19 médicos clínicos, 2 médicos da família e comunidade, 1 médico neurocirurgião, 2 médicos pediatras, 2 médicos psiquiatras, 1 médico ultrassonografista e 25 técnicos de saúde bucal. Os demais cargos oferecidos não tiveram inscritos.

Foram disponibilizadas 115 vagas no total, sendo 95 remanescentes do 1º processo seletivo (junho deste ano) e 20 novas vagas para o cargo de Médico de Família e Comunidade. Os recursos devem ser apresentados até as 18h desta sexta-feira, 23, conforme o item 10.1 do Edital do Processo Seletivo, por meio do e-mail [email protected].

Ponte da vicinal Água Boa começa a ser revitalizada pela prefeitura

O pacote executado pelo município prevê ainda a revitalização de mais 17 pontes, tanto na zona urbana como na rural e indígena

A Ponte do Urubuzinho, localizada na vicinal Água Boa, é mais uma a receber os investimentos em melhorias de infraestrutura do município. O trecho começou a ser revitalizado nesta semana, com obras que envolvem a recuperação da estrutura de 15 metros e substituição de peças de madeira que estavam danificadas devido ao fluxo intenso de carros na região.

O pacote executado pelo município prevê ainda mais 17 pontes revitalizadas, tanto na zona urbana como na zona rural. A previsão para a conclusão dos trabalhos será no início do mês de agosto, levando em consideração as condições climáticas desse período chuvoso.

“A revitalização da ponte do Urubuzinho faz parte do cronograma de manutenção e recuperação que estamos executando na capital, principalmente nas zonas rural e indígena. Nosso objetivo é garantir não apenas o escoamento da produção agrícola, como também a segurança no tráfego dos moradores pelas estradas vicinais”, disse o prefeito Arthur Henrique.

Investimentos – O trabalho de recuperação e manutenção de pontes e estradas na zona rural e comunidades indígenas avançaram este ano. Já foram contempladas a região do P. A Nova Amazônia, com a recuperação estrutural de 40 metros de ponte, e as comunidades indígenas do Milho, Mauixi e Três irmãos, que foram contempladas com pontes construídas do zero.

Ministério Público dá 48 horas para Governo responder sobre falta de médicos em maternidade improvisada

Os promotores requisitaram informações sobre o quadro de especialistas médicos que atuam na maternidade, além da respectiva escala mensal (Foto: Divulgação/MPRR)

O Ministério Público do Estado de Roraima (MP), por meio da Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde, visitou nesta quarta-feira (21) as instalações provisórias da Maternidade Nossa Senhora de Nazareth no Hospital de Campanha, localizada na Av. Brasil. Foi constatada a falta de profissionais médicos para atender os pacientes, o que motivou um envio de ofício ao Governo do Estado para que, em até 48h, seja explicada a defasagem de especialistas.

O objetivo da visita foi conhecer o funcionamento da principal maternidade de Roraima. Na ocasião, o Promotor de Justiça, Igor Naves, atendeu à representação de um pai que estava com a filha recém-nascida internada na UTI do hospital.

De acordo com o pai, a criança continuava internada, desde o último dia 13 de julho, porque não havia um especialista médico para realizar exame específico que a bebê necessita. Segundo o promotor, foi necessária a intermediação junto à direção para que o exame seja feito urgentemente.

A Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde também emitiu ofício à direção do hospital onde requisita informações sobre o quadro de especialistas médicos que atuam na maternidade, além da respectiva escala mensal.

“Sabemos das deficiências encontradas na rede pública de saúde e estamos atentos para fiscalizar e cobrar das autoridades responsáveis a solução destas demandas”, ressaltou o Promotor.

No início de junho deste ano, os pacientes da maternidade foram transferidos para o espaço provisório, enquanto o prédio da unidade passa por reforma.

Informações: MPRR

Telemedicina – Projeto beneficia mais de 200 pacientes da rede municipal com consultas especializadas

Entre as especialidades mais procuradas está a cardiologia, com 96 atendimentos

Projeto implantado pela Prefeitura de Boa Vista, em março deste ano, a Assistência Médica Especializada por Telemedicina (Amete) já beneficiou 208 pacientes da rede municipal de saúde, nas sete especialidades de atendimentos (veja abaixo).

O projeto é uma parceria entre o Ministério da Saúde e o Hospital Albert Einstein em São Paulo e acontece por meio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional no Sistema Único de Saúde (Proadi/ SUS).

 “A ideia é reduzir a lista de espera de pacientes em diversas especialidades médicas, sem que haja necessidade de deslocamento a outras cidades. Com esse atendimento na própria rede, conseguimos diminuir o tempo de espera, além do que, a consulta online na própria cidade contribui para o conforto do paciente e o diagnóstico e tratamento mais rápido”, explica André Luiz de Souza Cruz, superintendente em exercício de Atenção Primária.

Entre as especialidades mais procuradas estão: cardiologia, com 96 atendimentos; endocrinologia, com 35; neurologia adulto, 34; psiquiatria, 16; neurologia pediátrica, 7; pneumologia, 14 e reumatologia, 6.

Geovane Ezequiel, de 18 anos, vinha procurando um diagnóstico de um especialista há algum tempo. E por meio do Telemedicina, passou pela consulta online com pneumologista, na tarde desta terça-feira, 20.

“Estou com problemas no pulmão, mas preciso saber o diagnóstico. Então me agendaram para o atendimento online e com o acompanhamento do médico da unidade”, disse o rapaz.  

A mãe dele, Erika, estava acompanhando o atendimento e aprovou a iniciativa. “Podemos resolver a situação tanto com o médico do posto como o especialista e isso na própria rede de saúde. É muito bom”.

Os atendimentos acontecem na Unidade Básica de Saúde Pricumã de segunda a sexta-feira, conforme demanda e disponibilidade do hospital de referência, e são agendados previamente pela Secretaria Municipal de Saúde, com os encaminhamentos que são enviados pelas UBS.

Especialidades ofertadas pelo projeto – Cardiologia Clínico Adulto; Endocrinologia Clínico Adulto;  Pneumologia Clínico Adulto; Psiquiatria Clínico Adulto; Reumatologia Clínico Adulto;  Neurologia Clínico Adulto e Neurologia Pediátrica.

Arthur Henrique e Fecomércio definem estratégias para implantação do plano de resíduos sólidos para empresários do comércio local

"A pandemia dificultou um pouco o trabalho que vínhamos desenvolvendo desde 2018, mas estamos dando seguimento com muito compromisso e parceria para que todos consigam se ajustar dentro do prazo”, disse o prefeito

Em reunião ocorrida nesta quarta-feira, 21, entre a Prefeitura de Boa Vista e a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Roraima (Fecomércio), foram definidas as estratégias para a implantação do Plano de Resíduos Sólidos voltado aos empresários do comércio local.

O plano vem sendo implementado pela prefeitura há cerca de três anos. E, de acordo com o prefeito Arthur Henrique, a partir de abril de 2022, todos os geradores devem estar com seus respectivos planos elaborados.

“Essa reunião foi para alinharmos alguns pontos e definirmos estratégias que nos auxiliem com a implantação do plano por parte das empresas locais. A pandemia dificultou um pouco o trabalho que vínhamos desenvolvendo desde 2018, mas estamos dando seguimento com muito compromisso e parceria para que todos consigam se ajustar dentro do prazo”, disse o prefeito.

O presidente da Fecomercio, Ademir dos Santos, destacou ser imprescindível que os empresários entendam a necessidade e a importância da elaboração e a implantação do Plano de Gerenciamento de Resíduos em seus estabelecimentos. “Estamos à disposição para receber os representantes da prefeitura e também entender o plano e sua necessidade dentro das empresas”.

Quem tiver dúvidas e quiser obter mais informações sobre o Plano de Resíduos sólidos pode entrar em contato por meio do endereço eletrônico: [email protected].  

Parceria – O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Roraima (Sebrae-RR) também parceiro da Prefeitura de Boa Vista, oferecendo consultoria aos empresários locais para elaboração do plano, por um custo acessível e ainda de forma parcelada.

Geradores de Resíduos – A prefeitura disponibiliza no site oficial uma plataforma (Gestão de Resíduos), que possibilita aos cidadãos acesso a diversas informações, além do Plano Municipal, a legislação e demais orientações aos geradores, entre outros.

Latest posts