O jornal Folha de Boa Vista recebeu a informação de que sete respiradores mecânicos passaram por manutenção no prédio do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-RR) e que os aparelhos ainda não foram recolhidos porque precisariam de um aval da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

“Esses respiradores são do Hospital Geral de Roraima e da Maternidade e chegaram no Senai antes dessa pandemia, e estão aptos para o funcionamento”, contou uma fonte à Folha, que pediu para não ser identificada.

A Folha de Boa Vista entrou em contato com o Senai Roraima sobre a situação dos aparelhos. O diretor regional do Senai Roraima, Arnaldo Cruz, contestou a informação repassada ao jornal, e disse que os respiradores ainda precisam passar por manutenção.

“São sete aparelhos que precisam passar por uma calibração e manutenção feita por profissionais específicos. Eles foram enviados para o Senai de São Paulo, e esses aparelhos são de duas marcas diferentes que precisam de peças específicas que não existem em Roraima”, explicou Cruz.

Segundo ele, não há uma previsão do retorno dos respiradores porque “devido à grande demanda no país por manutenção dos aparelhos, não temos uma previsão já que esse serviço é feito por voluntários”, ressaltou Cruz.

Informações: Folha de Boa Vista – foto: Divulgação