A prefeita de Boa Vista, Teresa Surita publicou em uma rede social a informação de que a Companhia de Águas e Esgotos de Roraima (Caer) possui uma subestação que despeja o esgoto erradamente no Rio Branco e no igarapé Caxangá, localizado no centro da cidade.

A publicação cita ainda que a empresa já teria sido multada por tais situações, mas que inda não teria resolvido o problema. “Já avisamos eles, já multamos e agora está no Ministério Público, porque já não sei mais o que fazer”, disse a chefe do executivo municipal.

A FolhaBV teve acesso a algumas multas que a Prefeitura teria aplicado em desfavor da Caer, inclusive uma delas do dia 22 de abril deste ano, no valor de R$100 mil.

A multa é baseada no relatório feito pela Superintendência de Proteção Ambiental, que diz que a Caer estaria fazendo desague irregular de resíduos provenientes da rede de tratamento de esgoto, no igarapé Caxangá.

O auto de infração cita ainda que desde o ano de 2011 várias autuações pelo mesmo motivo já foram aplicadas em desfavor da empresa, e que a companhia ainda não teria tomado medidas necessárias para interromper a degradação.

OUTRO LADO – Por meio de nota ,a empresa informou que não procede a informação de extravazamento da rede de esgoto no Rio Branco.

A nota ressalta ainda que as elevatórias do Beiral (Caetano Filho) e do Caxangá estão em operando normalmente sem apresentar qualquer alteração em seu funcionamento.

Ainda de acordo com a nota da Caer, as duas elevatórias funcionam ambas com bombas reservas que entram em operação imediatamente em caso de alguma eventualidade para não comprometer o funcionamento do sistema.

Informações: Folha de Boa Vista – Foto: Divulgação