Início Site Página 3

Roraima é o estado que mais demora distribuir vacinas aos municípios, diz Fiocruz

A distribuição entre os municípios é feita pelo Governo do Estado (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)

Um boletim da Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz) revelou que Roraima é o estado que mais demora a distribuir doses de vacinas contra o coronavírus aos municípios. A Fiocruz destacou que essa demora pode ser atribuída às dificuldades de deslocamento das doses, e que o Governo Federal deve prover com recursos para auxiliar entraves do tipo. Porém, é sabido que a distribuição é feita pelo Governo do Estado de Roraima.

Segundo os dados do observatório de Covid-19 Fiocruz, de 19 janeiro até 9 de abril, só 9,5% da população de Roraima foi vacinada contra o coronavírus. Esse percentual está abaixo da média nacional de imunizados, de 12,44%.

Somente Mato Grosso (7,86%), Rondônia (8,55%), Maranhão (8,9%), Tocantins (9,11%) e Amapá (9,3%) apresentam coberturas vacinais menores.

“Com exceção de Roraima, os demais estados já repassaram mais de 80% das doses para os municípios. É importante disponibilizar recursos de logística a estados que apresentem dificuldade no repasse das doses”, cita o documento.

A instituição alertou que as atribuições do governo federal na aquisição dos imunizantes, a atribuição dos estados na distribuição das doses e a atribuição dos municípios na velocidade de aplicação “devem ser ajustados de forma síncrona seguindo as orientações do PNI [Programa Nacional de Imunização]”.

De acordo com o vacinômetro da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), 121 mil doses de vacinas contra o coronavírus foram distribuídas entre municípios e Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI) de Roraima.

Entre elas, 38 mil já foram aplicadas em Boa Vista e outras 23 mil em territórios indígenas. Em contraste, o segundo município que mais vacinou contra a Covid-19 foi Rorainópolis, com 2,3 mil doses aplicadas.

LEITOS

Apesar de críticas à distribuição de vacinas, a Fiocruz reconheceu Roraima como o estado com menor taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Brasil, com porcentagem de 49%.

Mesmo assim, a taxa de mortes provocadas por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), típica entre pacientes graves com Covid-19, ainda é considerada muito alta, com 9,1 casos para cada 100 mil.

“Entre os dias 29 de março e 5 de abril, as taxas de ocupação de leitos de UTI Covid-19 para adultos no SUS apresentaram reduções que merecem registro em Roraima (de 62% para 49%), Amapá (de 100% para 91%), Maranhão (de 88% para 80%), Paraíba (de 84% para 77%) e Rio Grande do Sul (de 95% para 90%). Assim, Roraima saiu da zona de alerta intermediário para fora da zona de alerta, e a Paraíba da zona de alerta crítico para a zona de alerta intermediário, juntando-se ao Amazonas (75%)”, ponderou o boletim.

CASOS

A incidência de casos de coronavírus em Roraima também tem diminuído ao longo das últimas semanas. A tendência de diagnósticos positivos para a doença reduziu em -2,9% na segunda metade de março. A tendência de mortalidade pelo vírus diminuiu 2,2%. De acordo com a Fiocruz, Roraima conta com taxa de contaminação de 35,7 para cada 100 mil habitantes.

Informações: Roraima em Tempo

Pagode e samba animaram a “Pocke Live Show” na noite desse sábado

O evento artístico, promovido pela Prefeitura de Boa Vista, por meio da Fetec, é 100% online

A “Pocket Live Show” desse sábado, 10, teve muito pagode e samba com as bandas Ranoldo Alves e Banda e Pagode com Stylo. O evento artístico, promovido pela Prefeitura de Boa Vista, por meio da Fundação de Educação, Turismo, Esporte e Cultura (Fetec), é 100% online. As apresentações foram transmitidas do palco principal no Teatro Municipal, pelos canais Facebook e pelo canal da prefeitura no Youtube.

Os shows registraram mais de mil visualizações. Ranoldo Alves e Banda abriram a live com sucessos do samba. Em seguida, Pagode com Stylo animou o público com um repertório especial. Os internautas interagiram mandando seu “alô”, parabenizando os artistas locais e fazendo aquele pedido musical.

@DiegoProgenio – Grandes amigos sambistas, parabéns pelo trabalho VIVA O SAMBA ! Parabéns, Prefeitura de Boa Vista.

@Ainne Ninha – ​Matando a saudade

@Sérgio Ney – ​Muito bom repertório rapaziada!

@Leo7Cordas – Abraço para o Ranoldo e toda rapaziada… MOVIMENTO REPÚBLICA DO SAMBA-MANAUS

@CleytonNSagica – Um abraço aqui de Porto Velho Rondônia, curtindo esse samba

@Gabrieloliveira – ​Toca: Nossa escola

Ainda este mês vai acontecer o pré-lançamento de um novo edital de convocação de artistas locais para fazerem parte da “Live do Bem”, projeto iniciado ano passado na gestão da ex-prefeita Teresa Surita, que auxiliou diversos artistas locais durante a pandemia de covid-19.

Cuidados – As transmissões de lives da Prefeitura de Boa Vista acontecem sem público presencial e contam com uma equipe técnica reduzida, seguindo todas as regras de higiene e distanciamento recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e Ministério da Saúde.

Começa hoje a Campanha de vacinação contra a Influenza

A vacinação vai acontecer por etapas de grupos prioritários nas unidades básicas de saúde que não atendem casos exclusivos da Covid-19

A prefeitura inicia nesta segunda-feira, 12, a Campanha de Vacinação contra a Influenza (Gripe), nas unidades básicas de saúde de Boa Vista que não atendem casos exclusivos da Covid-19, cada uma com seu horário de funcionamento.

A meta do Ministério da Saúde é vacinar pelo menos 90% dos grupos prioritários que são monitorados e que serão distribuídos em três etapas, de forma escalonada. Neste ano, devido a pandemia, a prefeitura vai utilizar uma nova estratégia para imunizar crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade, gestantes e puérperas para minimizar e evitar aglomerações nas unidades, preservando a segurança de todos.

A campanha acontece simultaneamente com a campanha de vacinação contra a Covid-19 e alguns critérios devem ser seguidos para evitar aglomerações e seguir com as medidas de prevenção e garantir a segurança de todos os grupos.

UNIDADES-BASICAS-DE-SAUDE-SALA-DE-VACINA

Denarium promove aglomeração com pessoas sem máscaras

Em meio ao caos agravado no HGR por falta de gestão, o governador de Roraima, Antônio Denarium, articula sua reeleição entregando pessoalmente alimentos com grandes aglomerações de pessoas sem máscaras.

O governador aparece nas suas redes sociais entregando alimentos, passando de mão em mão, sem luvas e com pessoas sem máscaras. Denarium chegou a fazer um gesto politiqueiro de chutar uma bola com crianças, numa jogada de marketing. Até aí tudo bem, mas sem máscaras não pode!

Em meio a ações politiqueiras, Denarium dá as costas para centenas de milhares de famílias que aguardam por uma cirurgia, por um TFD, que são intubadas no hospital sem os medicamentos necessários, que acordam debaixo de goteiras no principal hospital de Roraima para tratamento da covid-19.

O que está em jogo para Denarium? Reeleição ou a vida das pessoas?

Arthur cria projetos para desconto no IPTU, aumento de bolsas em projetos sociais e criação de Agência do Empreendedor

Estas são importantes iniciativas de governo implantadas nos primeiros 100 dias de gestão, com foco nas pessoas e planejando o futuro por meio do fomento ao empreendedorismo

Para celebrar os primeiros 100 dias de gestão, o prefeito de Boa Vista, Arthur Henrique, entregou nesta sexta-feira, 9, três importantes projetos de lei nas mãos dos vereadores para aprovação na Casa Legislativa. Um deles concede descontos no IPTU para quem pagar a vista e parcelado; outro aumenta as vagas e os valores das bolsas dos projetos sociais e o terceiro cria a Agência Municipal do Empreendedor.

Estas iniciativas beneficiam diretamente os moradores, os integrantes de projetos sociais e aquelas pessoas que já abriram seu próprio negócio ou pensam em empreender na cidade, sendo aprovada a lei, eles contarão com uma agência de fomento ao empreendedorismo. Dois destes projetos são promessas de campanha do prefeito Arthur Henrique.

“Estou ao lado de vereadores que vão tratar esses três projetos da forma que precisa ser tratado, com muita celeridade dentro da Câmara. O primeiro projeto, desconto no IPTU, não era promessa de campanha mas por conta da pandemia foi necessário. Os outros dois são importantes pela fase que estamos passando e mais importante ainda porque eram promessas de campanha. Eu e Cássio  temos compromisso de cumprir com o que prometemos”, disse.

O vereador Idázio da Perfil, destacou a sua responsabilidade, como representante do povo, em apoiar projetos que beneficiem a população. “A gente sabe que além de ter sido uma promessa de campanha ao qual o prefeito cumpre, eu tenho certeza que a mesa apoiará esses projetos que trarão tantos benefícios para a nossa população. Eu acredito e confio na mesa daquela casa e a votação será unânime”, disse.

Desconto no IPTU – O Projeto de Lei concede desconto no tributo municipal para todos os contribuintes. São 20% para quem optar em pagar à vista e 10% para quem optar em parcelar. O desconto já valerá para o IPTU de 2021, onde a primeira parcela já vence no dia 10 de maio.

Aumento das vagas e valores de bolsas dos projetos sociais do município – Neste projeto, serão beneficiados mais de 1.800 adolescentes, jovens e idosos que hoje integram esses projetos no município. Veja como vai ficar: 

*Cabelos de Prata: Aumenta de 750 para 1500 vagas. O valor da bolsa de R$ 180, sobe para R$ 300;

*ArtCanto: Aumenta de 250 para 500 vagas. A bolsa de R$ 180, aumenta para R$ 250;

*Dedo Verde: Aumenta o valor da bolsa aumenta de R$ 180 para R$ 230 – permanece a mesma quantidade de vagas;

*Projeto Crescer: O valor da bolsa aumenta de R$180 para R$230 – permanece mesma quantidade de vagas;

*Rumo Certo: bolsa aumenta de R$ 210 para R$ 500 – permanece mesma quantidade de vagas;

Apoio ao Empreendedor – O Projeto de Lei cria a Agência Municipal do Empreendedor (AME) e o Programa Municipal de Apoio aos Pequenos Negócios. A Agência tem a finalidade de apoiar a criação, o desenvolvimento e a sustentabilidade dos micro e pequenos empreendedores de Boa Vista, através de capacitação, intermediação de acesso ao crédito e fornecimento direto de crédito a pequenos negócios.

O Programa Municipal de Apoio aos Pequenos Negócios será financiado pelo Fundo Municipal de Apoio aos Pequenos Negócios e mediante parcerias de acesso a financiamentos junto a Bancos e Organizações do Sistema S e da classe empresarial. A agência terá um Conselho Consultivo formado por pessoas representantes da classe empresarial e de órgãos governamentais.

Prefeitura inicia vacinação de profissionais da segurança pública e Forças Armadas

O município de Boa Vista recebeu 890 doses para a vacinação desses trabalhadores e serão destinadas exclusivamente para aqueles que atuam diretamente na linha de frente e em ações de combate a pandemia

A prefeitura já iniciou a vacinação para parte dos trabalhadores de segurança e salvamento e Forças Armadas que atuam diretamente na linha de frente e em ações de combate a pandemia. Nesta quinta-feira, 8, 30 integrantes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) receberam primeira dose da vacina no Roraima Garden Shopping. E nesta sexta-feira, 9, foi a vez de 95 integrantes do Corpo de Bombeiros Militar de Roraima (CBM-RR), na Coordenação Municipal de Imunização (CMI).

A imunização desses trabalhadores está acontecendo normalmente junto às ações de vacinação de rotina do município e à medida que a relação nominal de cada instituição é repassada para a prefeitura. O município de Boa Vista recebeu 890 doses para a vacinação desses trabalhadores e serão destinadas exclusivamente para aqueles que atuam diretamente na linha de frente e em ações de combate a pandemia, conforme determinação do Ministério da Saúde.

O Sgt. BM Pinheiro, de 32 anos, atua na Companhia de Busca e Salvamento e foi um dos primeiros imunizados. “A gente se sente privilegiado dentro desse grupo prioritário. A vacinação vai nos ajudar e nos dar mais segurança nos diversos atendimentos que fazemos, lidando diretamente com a população”.

Para o Cap. BM Ruivan, 40, que trabalha na área da saúde da corporação, a vacina é de fundamental importância. “Não sabemos o dia de amanhã. Então é fundamental a vacinação para garantir mais segurança no exercício da nossa profissão”.

A vacinação nesta etapa é exclusiva para os trabalhadores envolvidos nas seguintes atividades:

– No atendimento e/ou transporte de pacientes;

– No atendimento de resgate e atendimento pré-hospitalar;

– Diretamente nas ações de vacinação contra a Covid-19;

– Nas ações de implantação e monitoramento das medidas de distanciamento social, com contato direto e constante com o público, independente da categoria.

Os demais trabalhadores de segurança pública e forças armadas que não se enquadrarem nessas atividades deverão ser vacinados de acordo com o andamento da campanha nacional de vacinação contra a Covid-19, segundo o ordenamento descrito no Plano Nacional de Operacionalização da vacinação contra a Covid-19 (PNO), do Ministério da Saúde.

Prefeito Arthur Henrique inicia visitação de servidores municipais ao mirante do Parque do Rio Branco

Neste primeiro momento, as visitas serão restritas aos servidores municipais e devem acontecer durante todo o mês de abril, seguindo os protocolos de segurança contra o Covid-19

O prefeito de Boa Vista, Arthur Henrique deu início, na manhã desta sexta-feira, 09, à visitação do mirante Edileusa Lóz, localizado no Parque do Rio Branco. Neste primeiro momento as visitas serão restritas aos servidores municipais e devem acontecer durante todo o mês de abril, seguindo os protocolos de segurança contra o covid-19.

As subidas devem acontecer de forma escalonada, respeitando o limite de 20 servidores por vez, como forma de evitar aglomerações no lugar. É importante ressaltar que o período de abertura para visitação da população em geral ainda será divulgado e acontecerá mediante agendamento via internet.

Os primeiros servidores a visitarem o mirante foram os da Secretaria Municipal de Obras e Urbanismo (SMO), que segundo o prefeito Arthur Henrique tiveram um papel fundamental na construção e idealização deste cartão portal boa-vistense.

“Estamos iniciando o programa de visitação com as pessoas que ajudaram a construir esse marco histórico da nossa cidade, então nada mais justo do que prestigiarmos estes servidores”, disse.

Daiane Rodrigues, boa-vistense e servidora da SMO, afirma se sentir privilegiada em estar entre as primeiras a visitar o mirante. “Ter essa visão ampla é um verdadeiro privilégio. Estou encantada com a beleza da nossa cidade que cada vez tem mostrado seu potencial turístico”, disse.

O mirante Edileusa Lóz possui 100 metros de altura e é a estrutura mais alta de Boa Vista. Lá em cima, o visitante tem uma vista panorâmica da cidade e do Rio Branco e ainda uma passarela com piso de vidro. A parte superior tem 250m² e capacidade para receber 250 pessoas simultaneamente.

PARQUE DO RIO BRANCO – A maior obra turística de Roraima foi entregue à população em dezembro do ano passado, na gestão da ex-prefeita Teresa Surita. Além do mirante, o Parque do Rio branco conta com a maior Selvinha Amazônica de Boa Vista, mural artístico, além de outros atrativos. A construção de todo o complexo aconteceu em parceria com o ex-senador Romero Jucá em Brasília e as obras de desapropriação da área foram com recursos próprios da prefeitura.

Com apoio da prefeitura, agricultores indígenas colhem cinco toneladas de melancia na comunidade Darora

A prefeitura fornece aos agricultores assistência técnica, adubos, sementes e o caminhão para escoar o produto para a mesa dos boa-vistenses

A semana foi produtiva na comunidade indígena Darora, localizada na região do Baixo São Marcos. Isso porque os agricultores daquela região iniciaram a colheita da melancia, com o apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Assuntos Indígenas (Smaai).

A prefeitura fornece aos agricultores assistência técnica, adubos, sementes e o transporte para escoar o produto para a mesa dos boa-vistenses.  O secretário municipal de Agricultura e Assuntos Indígenas, Guilherme Adjuto, enfatizou que hoje a comunidade Darora tornou-se um polo produtivo da melancia.

“Levamos este apoio as lavouras nas comunidades indígenas, tanto para as lavouras de inverno, que são milho e feijão, como também o projeto de HF, que são as culturas de melão, batata doce e principalmente melancia. Isso contribui para melhor qualidade dos produtos bem como no aumento da produtividade. Os resultados têm sido positivos”, disse Adjuto.

Nessa quinta-feira, 8, as equipes estiveram na área de produção da agricultora Maionara da Silva, que possui meio hectare de terra destinado a plantação de melancia. Foram retiradas cinco toneladas do fruto, com pesos que variam entre 15 a 18 quilos.

A produção nas terras de Maionara beneficia diretamente sete famílias da região. Ela ressaltou que o apoio da prefeitura foi fundamental, principalmente por conta da pandemia.

“O plantio da melancia iniciou em fevereiro, momento em que recebemos ajuda dos técnicos da Smaai, e hoje estamos colhendo os frutos. Neste momento de dificuldade este aprendizado foi muito importante, pois assim temos condições de nos manter com alimentos produzidos em nossas terras”, destacou Maionara. 

Prefeitura entrega mais de 1.400 kits de hortifrútis e proteínas para alunos das escolas rurais e indígenas

Foram aproximadamente 1.400 kits de hortifrútis, proteínas, iogurte e polpa de frutas enviadas para as escolas rurais

Esta semana, a Prefeitura de Boa Vista deu início a mais um ciclo de entregas dos kits de alimentação escolar aos alunos da rede municipal de ensino. Neste primeiro momento, são atendidos estudantes das 12 escolas indígenas e das quatro unidades do campo. Foram aproximadamente 1.400 kits de hortifrútis, proteínas, iogurte e polpa de frutas enviadas para as escolas rurais.  

As escolas estão recebendo gradativamente e logo definem as estratégias para chegar, de forma segura, à mesa dos alunos. Em algumas unidades, como a Escola Municipal Indígena Tuxaua Albino Morais, na Comunidade da Ilha, a entrega oficial às famílias começou nesta quinta-feira, 8. Quem aproveitou para pegar logo três kits para os filhos e netos foi o senhor Charles Marques, de 64 anos. Para ele, é uma benção receber esses alimentos neste período tão difícil.

“Isso é muito bom para a gente, porque tem dias que não temos nada para comer. E quando mais precisamos chega a benção dentro de casa. E nesse tempo de pandemia e inverno não podemos nem trabalhar, sair para arrumar alguma coisa. Muito boa essa iniciativa da prefeitura”, disse.

Ao todo, 15.576 kg de alimentos foram encaminhados para estas regiões. O coordenador das escolas indígenas e do campo, Nelson Martins, explicou que parte dos itens, no caso os hortifrútis, foram adquiridos por meio do projeto de Agricultura Familiar da prefeitura e a outra parte (proteínas e iogurte) foi obtida com recursos do Programa Nacional da Alimentação Escolar.

“A nossa merenda escolar não está sendo feita pelo fato das aulas presenciais não estarem acontecendo, mas precisam chegar a essas famílias que estão fazendo esse acompanhamento pedagógico em casa. Através dessa ação, a gente vem reforçar o trabalho que as escolas e as famílias estão fazendo com as crianças, dando continuidade ao processo de ensino-aprendizagem”, disse.

Kit de alimentação escolar: Hortifrúti (Abacaxi, batata-doce, cebola, goma de tapioca, laranja, melão, pepino e polpa de goiaba), Bandeja de iogurte com seis unidades, 2kg de carne moída e 1 pacote de filé de frango.

Previsão emite alerta de chuvas e ventos intensos para Roraima

Os ventos podem chegar a 100 km/h. A informação foi confirmada pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) por meio de um comunicado

A Capital Boa Vista e os municípios do interior estão em alerta laranja de perigo de chuvas intensas. A informação foi confirmada pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) por meio de um comunicado.

O alerta laranja significa uma situação meteorológica perigosa e recomenda que os moradores mantenham-se vigilantes e informados sobre as condições meteorológicas previstas em caso de alguma necessidade.

Segundo o alerta, o perigo das chuvas intensas se iniciou às 9h da última quarta-feira, 7, e é válido até as 10h da próxima sexta-feira, 9.

Ainda segundo o Inmet, o volume de chuva está entre 30 e 60 milímetros por hora ou 50 e 100 milímetros por dia, com ventos intensos de 60 e até 100 km/h.

O risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas, também foi assegurado pelo Instituto de Meteorologia.

O Instituto recomenda que em caso de rajadas de vento, a população não deve ser abrigar debaixo de árvores, pois há risco de queda e descargas elétricas, além disso, não é indicado que o motorista estacione seu veículo próximo a torres de transmissão e placas de propaganda.

O desligamento de aparelhos elétricos e quadro geral de energia, também é indicado em caso de o morador se sentir em perigo.

Especialista – O meteorologista da Femarh (Fundação Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos), Ramon Alves, disse que a população não deve se preocupar com a previsão, pois é comum o Inmet publicar esse alerta. “É um alerta padrão para outros estados, não somente para Roraima”, afirma.

Ele também explicou que as chuvas que estão acontecendo em Roraima são intensas, mas que não prejudicam a população com perigos. “Em relação a velocidade dos ventos, é raro acontecer de 100 km por hora, mas já teve 50 e 60 km”, relembra.

Ramon ainda disse que as recentes chuvas são o começo do período chuvoso no estado e a previsão para o mês de abril é acima da “normal climatológica”, podendo chegar à 200mm.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), a normal climatológica do mês varia entre 100 e 150 milímetros.

Informações e foto: Folhabv

Latest posts