O governo do Estado publicou nas redes sociais um vídeo no qual a ministra aparece ao lado do governador roraimense, Antonio Denarium (PSL), em uma área de obras.

No vídeo, a ministra se dirige a um grupo de pessoas que não aparece na imagem. “Obrigada, obrigada pela dedicação de vocês no cuidado, no atendimento aos nossos irmãos venezuelanos”, diz Damares.

Até as 18h deste sábado, data da última atualização do Ministério da Saúde, Roraima registrava 75 casos de infecção por coronavírus, com três mortes.

Na agenda do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, não há registro de nenhum compromisso da ministra neste domingo.

Também estavam presentes na reunião, o presidente da Funai, Marcelo Augusto Xavier além do coordenador da Operação Acolhida, general Antonio Manoel Barros e o secretário de Saúde Indígena da Sesai, Robson Silva.

Na última sexta-feira, um menino indígena de 15 anos, da etnia Yanomami morreu em Roraima vítima de Coronavírus. Neste sábado, sete militares da Operação Acolhida, que atuam diretamente no atendimento aos venezuelanos também deram positivo para o Covid-19.

Informações: Folha de Boa Vista