Depois de 30 dias de luta intensa contra o coronavírus, Boa Vista tem alto risco de infecção por coronavírus e os 252 casos atingem pelo menos 32 bairros, segundo relatório do último sábado (18). Esses dados são os mais recentes, tendo em vista que são atualizados nas sextas-feiras.

Essa é a sexta reportagem sobre o primeiro mês desde os primeiros casos da doença no estado. A taxa de contaminação de Boa Vista é a oitava do Brasil, com 521 para cada 100 mil habitantes. Isso faz com que a capital fique acima de grandes cidades, por exemplo, Rio de Janeiro e Porto Alegre.

Os primeiros casos em Roraima foram registrados na capital. Desde então, a Covid-19 afeta a rotina das pessoas. Mesmo o número de pacientes recuperados se mostrando otimista, a prevenção e ações de combate à doença não podem parar. O estudo mostra que, atualmente, 13 de Setembro e Paraviana estão com maiores incidências de casos.

Têm pacientes infectados os seguintes bairros:

  • Cidade Satélite
  • Cauamé
  • Caranã
  • Aeroporto
  • Paraviana
  • Caçari
  • Aparecida
  • 31 de março
  • Centro
  • São Vicente
  • 13 de Setembro
  • Mecejana
  • Pricumã
  • Liberdade
  • Jardim Floresta
  • Buritis
  • Cinturão Verde
  • Centenário
  • Raiar do Sol
  • Nova Cidade
  • Araceli
  • Jardim Tropical
  • Jóquei Clube
  • Asa Branca
  • Caimbé
  • Tancredo Neves
  • Santa Tereza
  • Jardim Primavera
  • Silvio Leite
  • Pintolândia
  • Senador Hélio Campos
  • Alvorada

“Nesses 30 dias de trabalho intenso foram realizadas capacitações para públicos diferentes, desde profissionais de saúde, professores de escolas, gestores das escolas privadas, equipes de limpeza, unidades de saúde, Hospital da Criança, além de preparar os profissionais para realização de coletas para diagnóstico da doença”, disse a diretora do Departamento de Vigilância Epidemiológica de Boa Vista, Roberta Calandrini.

A Prefeitura adotou medidas importantes, como antecipação do recesso escolar, fechamento do comércio, distribuição de máscaras e, mais recente, estendeu o horário de unidades de saúde. A ideia é reforçar o atendimento à população durante a pandemia. Novos decretos estão previstos para flexibilizar a abertura de academias e salões de beleza.

RECUPERADOS

Já foram considerados recuperados da doença 34 pacientes na capital. Eles passam por isolamento domiciliar até não apresentarem risco de transmissão da doença. O processo é acompanhando diariamente pelas equipes da Saúde Municipal. Os dez primeiros foram liberados de casa no dia 10 de abril. Os outros no dia 18 deste mês.

“As Equipes de Saúde da Família acompanham os casos que têm endereço fixo em Boa Vista e já finalizou o acompanhamento de 34 casos considerados recuperados. Esses profissionais acompanham os outros casos, inclusive aqueles que passaram pelo tratamento nos hospitais e receberam alta para o domicílio”, acrescentou Roberta.

Onde estão os casos recuperados:

  • Alvorada
  • Silvio Leite
  • Jardim Primavera
  • Aeroporto
  • Paraviana
  • Cinco de Outubro
  • Aparecida
  • São Vicente
  • Pricumã
  • Centenário
  • Araceli
  • Raiar do Sol
  • Nova Cidade

“Semanalmente, a Secretaria de Saúde divulga um boletim direcionado aos profissionais de saúde sobre a situação da doença em nosso município. É importante ressaltar que a população deve continuar colaborando para evitar um aumento descontrolado dos casos”, finalizou a diretora.

Informações: Roraima em Tempo