A Associação Brasileira de Rádio e Televisão (Abratel), Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), Associação Nacional de Editores de Revistas (Aner) e a Associação Nacional de Jornais (ANJ) divulgaram uma nota de repúdio sobre o sequestro do jornalista Romano dos Anjos, encontrado amarrado e com os braços quebrados, na manhã desta terça-feira (27).

Além da nota, as associações pedem a investigação dos fatos. “[…] pedem providências imediatas às autoridades locais e federais para esclarecimento do caso e uma rigorosa apuração dos fatos”, cita trecho da nota.

O crime ocorreu na noite dessa segunda-feira (26), por volta das 20h40, quando três homens armados e encapuzados invadiram a casa do comunicador, no bairro Aeroporto, zona Norte da capital, e amarraram ele e a esposa. O trio fugiu no carro da vítima, deixando Nattacha Vasconcelos, que também é apresentadora, amarrada na residência .

O veículo foi encontrado após o sequestro, incendiado, em uma área localizada às margens da BR-174, sentido Pacaraima. Não tinha ninguém no carro, conforme a polícia.

Romano foi encontrado por um funcionário da concessionária de energia do estado. A ambulância do Corpo de Bombeiros chegou por volta de 9h30 no Pronto-Socorro Francisco Elesbão, onde ele recebe atendimento médico.

Informações: Roraima em Tempo – Foto: Arquivo Pessoal