“Foi maravilhosa a surpresa, veio na hora certa para a gente. Minha filha realmente estava precisando porque tem duas crianças, mora de aluguel, toda ajuda é bem-vinda. Uma iniciativa muito boa, porque assim como minha filha precisa, outros também estão precisando. É nessa hora que vemos quem está do nosso lado, nesse caso a prefeita”.

O relato é da dona Lenir Lima Pontes, de 60 anos. A família dela foi uma das primeiras a receber uma das 56 mil cestas básicas que começaram a ser entregues pela Prefeitura de Boa Vista, nessa segunda-feira, 20, a pessoas carentes durante o período da pandemia do novo coronavírus.

A ação faz parte da campanha Boa Vista do Bem, que também vai arrecadar alimentos junto à população para beneficiar mais famílias na capital. Os beneficiados são pessoas em situação vulnerável, inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) do município, atendendo especialmente famílias com crianças e aquelas que fazem parte da rede da primeira infância de Boa Vista.

“Foi feito uma análise com muito critério do CadÚnico para saber quem são as famílias que realmente estão precisando. Serão beneficiadas pessoas não atendidas pelo Bolsa Família nem pelo auxílio emergencial. Aquelas que não estão recebendo nada por enquanto receberão as cestas básicas”, declarou a prefeita.

A cesta básica contém 23 itens: 4kg de Arroz; 2kg de feijão; 2kg Açúcar cristal:
3 flocão de milho, 2 macarrão, 1 extrato de tomate, 3 pacotes de café: 3 pacotes de leite em pó; 1 óleo de soja, 1 pacote de sal, 1 água sanitária.

A senhora Maria Joana Borges, 56 anos, também ficou surpresa com as cestas chegando em sua casa. “Uma ajuda muito boa neste momento, porque estamos nesta dificuldade com essa pandemia toda. Está muito difícil, e para a gente em um momento desse foi bem-vindo”, disse.

O recolhimento dos alimentos está sendo feito pelas equipes do Programa Servidor de Valor em dois pontos de coleta: Terminal Luiz Canuto Chaves, no Centro, e na praça Aderval da Rocha, no bairro Sílvio Botelho, no horário das 8h às 18h.

A população que queira doar alimentos não perecíveis, produtos de higiene pessoal e de limpeza pode procurar um dos pontos e colaborar. Qualquer ajuda é bem-vinda, independente da quantidade. A solidariedade é uma das maneiras de combater a covid-19.

Para evitar aglomerações, a prefeitura fez uma escala de três pessoas por ponto de coleta. A entrega é feita em formato de drive thru, que permite às pessoas entregarem as doações sem sair do carro. As equipes estão seguindo as orientações de higiene, distanciamento e uso de equipamentos de proteção individual recomendadas pelo Ministério da Saúde.

“Esta campanha tem o objetivo atender as famílias que estão em estado de vulnerabilidade causada pela pandemia da covid-19. Pretendemos arrecadar alimentos, materiais de higiene pessoal e limpeza que serão doados a quem precisa, assim como as cestas básicas distribuídas pela prefeitura”, disse a prefeita Teresa Surita.