Com a recente liberação de teatros, anfiteatros e auditórios pela prefeitura, o Instituto Boa Vista de Música (IBVM) já iniciou um cronograma de apresentações culturais até o fim do ano. E nesta quinta-feira, 22, acontecerá a retomada do projeto Ciclo das Quintas, a partir das 20h, na sala Teatro-Escola do Teatro Municipal de Boa Vista.

O concerto de reabertura do cronograma do teatro será com a Orquestra de Câmara do IBVM, que preparou um repertório erudito para a plateia, como “Sinfonia Simples para cordas”, de Benjamin Britten; “Sonata para Cordas”, de Carlos Gomes; “Elegia” e “Allegro ma no tanto”, de Piotr Ilitch Tchaikovsky e “Sinfonia nr. 01 Para Cordas”, de Felix Mendelssohn.

“Estávamos todos ansiosos pelo retorno de nossas atividades, paralisadas desde o início do ano por conta da pandemia. Mas agora, seguindo todos os protocolos de segurança da prefeitura, retornaremos para oferecer à população ótimos concertos”, afirmou o presidente do IBVM, maestro Francisco Carlos Felício.

Os ingressos já estão à venda nos valores de R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia) e podem ser adquiridos na bilheteria do Teatro Municipal no dia do evento ou pela Bilheteria Digital – https://www.bilheteriadigital.com/. Os próximos concertos do Ciclo das Quintas estão marcados para os dias 05/11, 19/11 e 03/12.  

Medidas de segurança

Para o retorno gradual das programações em teatros, anfiteatros e auditórios, os estabelecimentos deverão cumprir todos os protocolos sanitários estabelecidos pelas Instruções Normativas 01/2020 e 02/2020 da Vigilância Sanitária do Município de Boa Vista.

Entre as regras para o funcionamento, os estabelecimentos deverão disponibilizar álcool 70% (em gel ou líquido) na entrada das salas, bem como em locais de fácil acesso e ainda higienizar equipamentos, poltronas e outros itens de uso comum, devendo haver o fechamento para a limpeza de todas as salas por, pelo menos, 1 hora entre cada exibição.

Máscaras – A prefeitura ressalta mais uma vez a necessidade do uso das máscaras como forma de combater e se prevenir da covid-19. Além disso, trata-se de um item de uso obrigatório.

A orientação é que a população também não deixe de lavar bem as mãos com água e sabão e utilizar álcool em gel. A máscara é um equipamento de proteção necessário. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), é umas das formas de evitar o contágio enquanto a pandemia persistir.