Foram retiradas na manhã deste sábado (21) mais de 120 toneladas de lixo das margens do igarapé Uaizinho, na Área de Preservação Permanente (APP) do bairro Airton Rocha, zona Oeste de Boa Vista. A ação, denominada de LimpaBV, ocorreu em alusão ao Dia Mundial da Limpeza.

O LimpaBV faz parte do Movimento Clean Up Day, que foca no combate ao descarte irregular de resíduos sólidos, organizado pelo Instituto Limpa Brasil. Participaram da atividade mais de 70 pessoas, entre agentes de limpeza e servidores da Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Meio Ambiente. Foram utilizadas 12 caçambas e três máquinas carregadeiras.

O secretário municipal de Serviços Públicos e Meio Ambiente, Daniel Peixoto, destacou a importância da mobilização e ressaltou que a prefeitura é atuante no que se diz respeito à limpeza pública, tanto que serviços como os de coleta de lixo são regulares na cidade.

“Esta foi uma ação solicitada pela nossa prefeita para conscientizar que a limpeza é essencial em uma cidade. É questão de saúde e contribui para o bem-estar da população. Hoje, a nossa coleta de lixo é regular e satisfatória. Em toda a cidade é preciso que as pessoas acondicionem o lixo de forma adequada e se atentem para dias e horários que o caminhão passa”, comentou.

Os agentes de limpeza urbana marcaram presença e fizeram a catação e remoção de entulhos, em toda a Avenida Normandia, que ladeia o igarapé Uaizinho. O encarregado de operações Robson Santos orienta a população para não jogar lixo nas ruas e nem às margens de rios e igarapés.

“Essa é uma ação importante de conscientização e orientamos para que cada um tenha o cuidado para não jogar o lixo no meio das ruas e nem às margens de igarapés, como acontece aqui [Uaizinho], no Airton Rocha. Que essa ação possa ser constante, pois esse é um trabalho que já fazemos diariamente e contamos com a ajuda da população”, frisou.

A dona de casa, Carla Amorim, 42, também aprovou o trabalho. “É boa essa iniciativa da prefeita, porque o bairro fica limpo, tira a sujeira das ruas e fica um bairro conservado. Pessoal joga muito lixo nas ruas”, concluiu.

Informações – Roraima em Tempo – Foto – Jackson Souza