Divulgação

A repercussão sobre as declarações do ex-secretário de saúde do Estado, Ailton Rodrigues Wanverley ainda estão dando o que falar, seja dentro do Governo, na Assembleia Legislativa de Roraima e nas instituições responsáveis por fiscalizar atos ilícitos envolvendo recursos públicos.

Para Wanderley, “Só uma intervenção federal poderá resgatar um modelo que realmente cumpra o seu papel de prestar um serviço de qualidade na saúde à nossa população. Todos os órgãos de controle estão cientes da situação e no momento certo vão agir”, disse.

“Enquanto forem permitidas empresas de deputados estaduais, federais e senadores vendendo serviços dentro da secretaria. Enquanto for permitida uma cooperativa distribuindo plantões a quem não trabalha, enquanto forem permitidas famílias com poder político vendendo serviços dentro da secretaria. Enquanto forem permitidos médicos concursados vendendo serviços para a secretaria, enquanto for permitido judicializar procedimentos para beneficiar um grupo de pessoas, sempre haverá corrupção”, escreveu na rede social.

O ex-secretário não citou nomes, mas vale lembrar que hoje temos Telmário Mota, Mecias de Jesus e Chico Rodrigues como senadores por Roraima. Ainda segundo Wanderley, a impunidade aumenta a corrupção, mas se as pessoas agem com dignidade, estarão sempre em paz com a sua consciência. O ex-secretário denunciou que existem esquemas envolvendo políticos dentro da secretaria.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here