BRASÍLIA – O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, descartou nesta quarta-feira qualquer participação do Brasil em eventual intervenção militar na Venezuela. Inicialmente, o chanceler Ernesto Araújo aventou essa possiblidade. Ele teria inclusive tratado do assunto com integrantes do governo americano. Mas o núcleo militar do governo brasileiro não apoia essa alternativa. Ao contrário, recomenda ao presidente Jair Bolsonaro cautela na condução do caso. Na quarta-feira, Bolsonaro que o preço do petróleo no mundo pode subir , com impacto no preço doscombustíveis no Brasil, devido ao agravamento da crise na Venezuela.

— O presidente Bolsonaro tem tido uma posição de prudência. O Brasil acompanha a situação, acolhe humanamente os venezuelanos e ponto. Não é tradição brasileira intervenção em outros países, isso está absolutamente fora de questão _ disse Lorenzoni em entrevista concedida ao programa “Central Globonews”.

Ainda segundo o ministro, mesmo que os discursos do governo sejam duros sobre o assunto, as decisões serão equilibradas.

— Temos posições um pouco mais incisivas, mas o presidente, quando tem que tomar decisão, tem uma postura muito equilibrada — avaliou.

Informações – O Globo – Foto: Jorge William / Agência O Globo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here