Em uma cena da novela, a emissora faz uma crítica aos roraimenses pelo trato com os venezuelanos

A cena de uma novela transmitida em rede nacional ganhou repercussão em grupos de WhatsApp na noite desta segunda-feira, 17. No trecho em questão, dois personagens conversam sobre a maneira hostil com que imigrantes venezuelanos são recebidos em Roraima. “Eles vem fugindo da fome, da violência e são recebidos como inimigos”, disse um dos personagens.

O diálogo causou tanta polêmica que o assunto ainda dividia opiniões até o início da tarde desta terça-feira, 18. Em um dos grupos de Whats que a FolhaWeb teve acesso, um homem disse estar ofendido e destacou que os imigrantes não são recebidos como inimigos. Outro usuário do aplicativo, por sua vez, afirmou que a novela não mentiu completamente, tendo em vista o comportamento de uma parcela da população.

“Eles são tratados como inimigos, em partes, por conta do crescimento da violência e da criminalidade envolvendo a atuação direta de imigrantes. Mas, isso não justifica essa versão utilizada pela emissora”, disse. Para uma internauta, a emissora “tenta enfiar de todas as maneiras na cabeça das pessoas valores distorcidos do que realmente acontece em Roraima”, escreveu.

Outra usuária do WhatsApp comentou que a situação dos imigrantes em Roraima é resultado de uma falha do Governo Federal. “Roraima não estava preparada para o fluxo e o resultado disso é a lotação em escolas e hospitais. A criminalidade aumentou, mas muitos roubam por comida. Você ia querer seu filho passando fome? Vejam o que estão levando para o Brasil e para o mundo sobre os venezuelanos e o povo de Roraima”, apontou.

O advogado e roraimense Abner Santos chegou a compartilhar um vídeo em suas redes sociais demonstrando a indignação perante a abordagem da novela.

“Como o Estado que tem a energia elétrica mais cara do país, a passagem aérea mais cara do país e a economia mais pífia do país vai conseguir sustentar todo esse povo? Roraima tem atingido níveis estratosféricos de violência de venezuelanos praticados contra brasileiros. Eles falam que eles fogem da fome, da violência, mas não falam o real motivo de toda essa crise, nem o causador, chamado Nicolás Maduro. Quero que vocês venham conhecer a nossa realidade”, declarou no vídeo.

Veja o vídeo: