Em menos de oito meses, a Secretaria Estadual da Saúde (Sesau) já soma seis gestores diferentes, entre titulares e adjuntos. Nesta segunda-feira (18), mais uma exoneração na pasta aconteceu e um novo secretário-adjunto foi nomeado pelo governador Antônio Denarium.

Conforme publicação no Diário Oficial do Estado (DOERR), o médico Elias Carvalho Sousa foi exonerado do cargo de secretário-adjunto II de estado da saúde. O decreto nº 1537-P informa ainda que a exoneração ocorre em atendimento a um pedido do servidor.

Sousa foi nomeado por meio do decreto nº 869-P de 26 de abril de 2019. O médico Elias Sousa respondia pela direção técnica do Hospital Geral de Roraima (HGR). Até o momento, não houve nomeação de novo gestor adjunto da pasta e nem a nomeação do servidor para assumir outro cargo. Vale ressaltar ainda que a Sesau conta atualmente com dois adjuntos, além do titular da pasta.

Dança das cadeiras

Ainda na época da intervenção federal, em novembro de 2018, o governador Antonio Denarium nomeou o médico Ailton Wanderley para ocupar a Sesau. Em abril, o médico saiu da pasta, mas antes denunciou um suposto esquema de corrupção implantado no Hospital Geral de Roraima (HGR) envolvendo empresas terceirizadas ligadas a políticos do Estado.

Em seu lugar foi nomeado o coronel do Exército Brasileiro, Élcio Franco, para atuar como titular da pasta. O militar é natural de Minas Gerais e estava em Roraima desde dezembro passado, quando começou a intervenção federal.

No período de dois meses à frente da Sesau, a gestão de Franco foi marcada por denúncias de falta de materiais, equipamentos e profissionais de saúde na Capital e no interior do Estado, além do pedido de intervenção federal no Hospital Geral de Roraima (HGR) pelo Ministério Público de Contas de Roraima (MPC-RR).

No mesmo período, foi pedida a prorrogação do estado de calamidade pública na saúde pelo governador Denarium e a criação de uma comissão para apurar a responsabilidade de servidores frente às reclamações dos usuários das unidades hospitalares da rede estadual.

Em junho, o governador exonerou Élcio e nomeou a atual secretária de saúde, a advogada Cecília Smith Lorezon. Ela ocupava o cargo de vice-presidente da Comissão Permanente de Licitação (CPL), além de ser professora de Direito em uma instituição de ensino superior.

Também em junho foi exonerado o secretário-adjunto de Saúde, Eduardo José Cunha Morais, a pedido do próprio servidor. Já em julho deste ano, Denarium nomeou Francisco Monteiro Neto como novo-secretário adjunto da Sesau, cargo que também ocupa até hoje.

Informações: Folha de Boa Vista

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here