De janeiro a junho, estado registrou 154 mortes violentas, uma a menos que no mesmo período de 2018, quando foram 155 (Foto: Divulgação)

Roraima foi o estado que teve a menor redução do país no número de mortes por crimes violentos no primeiro semestre de 2019, em relação ao mesmo período do ano passado. O dado divulgado neste domingo (31) é do Monitor da Violência, uma parceria do site G1 com o Núcleo de Estudos da Violência da USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

De janeiro a junho deste ano, foram registrados 154 homicídios no estado, contra 155 no mesmo período de 2018, uma queda de apenas 0,6%. Na outra ponta do dado está o Ceará onde o número de mortes violentas caiu pela metade em 2019.

Os dados revelam ainda que em Roraima o mês de março foi quando se registrou o maior número de mortes deste ano, totalizando 29 homicídios, enquanto que junho foram 17.

Conforme o levantamento, em todo o Brasil foi registrado um total de 21.289 assassinatos, 6 mil a menos do que nos primeiros seis meses do ano anterior. O resultado equivale a uma queda de 22% nas mortes violentas, sendo o Nordeste responsável pela maior parte dela.

Apesar da redução significativa a nível nacional, o número de assassinatos, porém, continua alto. O dado mostra que há uma morte violenta a cada 12 minutos no Brasil – 118 por dia, em média.

De acordo com especialistas, as principais causas da redução são justificadas pela ação dos governadores e da Justiça, mais focada nos presídios em evitar que os grupos criminosos se fortaleçam economicamente, por meio da integração de esforços e o compartilhamento de informações entre agências interestaduais com o Centro Regional de Inteligência de Segurança Pública.
Informações: G1 Roraima