Apesar do que fora dito no pronunciamento do presidente da República, Jair Bolsonaro, na última terça-feira (24), ainda está mantida a posição do Governo Federal de que a população brasileira permaneça em isolamento social como forma de prevenção ao novo coronavírus. Foi o que destacou em entrevista à imprensa na última quarta-feira (25), o vice-presidente Hamilton Mourão.

“A posição do nosso governo, por enquanto, é uma só: o isolamento e o distanciamento social”, afirmou Mourão, ressaltando que o pronunciamento do presidente Bolsonaro também seguia essa orientação, embora ele, segundo o general, “tenha se expressado de uma forma que não foi a melhor”.

O vice-presidente ainda destacou que Bolsonaro está, “por enquanto”, dentro da política sugerida pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

A portaria 454 de 20 de março de 2020 emitida pelo Ministério da Saúde determina em seu artigo 2º “o isolamento domiciliar da pessoa com sintomas respiratórios e das pessoas que residam no mesmo endereço, ainda que estejam assintomáticos, devendo permanecer em isolamento pelo período máximo de 14 catorze dias”.

Leia mais:

Há um mês, Itália resistiu a tomar medidas mais restritivas contra coronavírus; hoje soma 7,5 mil mortes

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here