Desde o anúncio do cancelamento, o grupo iniciou vários protestos

Cerca de 250 concurseiros e professores de reforço fazem um novo protesto, na praça do Centro Cívico de Boa Vista, ao longo desta quinta-feira (7), voltando a reivindicar a manutenção dos quatro concursos públicos que foram cancelados pelo governo do estado no último sábado (2).

Durante o ato, representantes dos manifestantes conseguiram ser recebidos governador Antônio Denarium (PSL) e estão reunidos com ele no Palácio Senador Hélio Campos, sede do poder executivo em Roraima, desde às 10h30 (horário local). A manifestação começou por volta das 7h30.

Os concursos públicos que até então estavam vigentes eram os das Secretarias do Trabalho e Bem Estar Social (Setrabes), Justiça e Cidadania (Sejuc) e das polícias Civil e Militar.

Desde o anúncio do cancelamento, o grupo iniciou vários protestos e protocolou um documento junto ao Ministério Público de Roraima (MPRR), com o intuito de manter o concurso público da Polícia Civil. Ontem, eles manifestaram durante a chegada de Antonio Denarium ao aeroporto de Boa Vista.

Uma das classificadas no concurso da Polícia Militar, Rhaysa Câmara, contou que está há mais de um ano lutando para conseguir uma vaga em um cargo público.

“Só entende é quem estuda, se dedica e abdica de vários momentos para realizar o sonho de passar em um concurso. Eu deixei emprego e tranquei a faculdade para ir em busca dessa realização, por isso não vou desistir dessa luta”, declarou.

De acordo com o professor de cursinho João Catalano, o governador alega que não existe previsão orçamentária para que os concursos, impossibilitando, assim, a continuidade dos certames.

“Ele [Denarium] tem até setembro para apresentar o Plano Plurianual. O que queremos é que ele coloque no Plano e na Lei Orçamentária Anual [LOA] para o próximo ano as previsões para os quatro concursos e não cancele”, justificou.

Informações: Roraima em Tempo/ G1RR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here